O pequeno vocabulário de uma vida que não vale a pena

Líder evangélico visita papa e anuncia que “ecumenismo vai avançar”
12 de abril de 2013


Por que nos
orgulhamos?

 

Dizemos coisas
como:

– “Tenho
orgulho do meu filho”.

 

Ele/ela fez algo
legal e (os seus pais) ficamos orgulhosos. Legítimo.

 

Uma empresa tem
como um de seus dísticos o orgulho de ser brasileira. Legítimo.

 

No mais, o orgulho
é algo que não vale à pena e, logo, não devia fazer parte do nosso vocabulário.

 

Orgulho é próprio
de uma pessoa que depende da opinião do outro.

 

O orgulhoso é,
portanto, um fraco. Sua fraqueza se mascara numa força que não tem. Quem é
forte é humilde.

 

Com amor:

Pr. Rogério
Pereira de Oliveira

%d blogueiros gostam disto: