Bispo da Universal se desculpa por vídeo ofensivo

Espiritismo continua crescendo no Brasil
4 de novembro de 2013
Ministérios de jovens superficiais estão afastando adolescentes cristãos da igreja, diz pesquisa
4 de novembro de 2013


Walber Barboza esclarece ofensas, mas diz que edição quis prejudicá-lo.Em um dos vídeos mais comentados da semana no meio evangélico, o bispo brasileiro Walber Barboza aparece em uma reunião com pastores e obreiros da Igreja Universal do Equador no dia 25 de setembro. Gravado aparentemente por um celular, o material mostra trechos de um encontro onde são feitas cobranças sobre o trabalho naquele país.

Aparentemente, Barboza estava insatisfeito com os resultados nas igrejas e com a postura de líderes que não agiam segundo se esperava deles.  Embora ainda misture palavras em português nas frases em espanhol, os termos foram bastante agressivos e em tom de ameaça. Não se sabe quem divulgou o material, mas a grande repercussão levou Walber Barboza a se justificar oficialmente diante da liderança da IURD.

“Reconheço que me excedi, proferi frases estúpidas. Minha intenção era positiva, de ensinar e motivar os pastores. Mas sei que, no calor do momento, fui infeliz na escolha e tom das palavras. Peço perdão a todos os que ofendi e constrangi. A Universal tem pressa de ajudar o povo do Equador e essa intenção não foi bem comunicada por mim. Gostaria ainda de dizer que nem o bispo Macedo nem a Universal têm qualquer participação nos excessos que cometi na reunião de trabalho”, afirma ele em um vídeo oficial postado ontem.

%d blogueiros gostam disto: