Evento de igreja evangélica para motoqueiros causa confusão em MS

CORPO ESPIRITUAL
10 de janeiro de 2014
Pastor Poroca chama santa que ‘chora’ de demônio e pode ser processado
10 de janeiro de 2014


Os motociclistas fizeram manobras perigosas e houve pancadaria entre eles.Uma igreja evangélica de Campo Grande (MS) realizou um evento para motoqueiros com a intenção de evangelizar, mas o chamado “arrancadão” gerou brigas e rachas e a denominação pode ser processada.

Dezenas de motoqueiros participaram do evento que aconteceu no final do ano no bairro Jardim Itamaracá. A prefeitura autorizou o fechamento de parte da rua principal do bairro sem saber que os participantes fariam manobras perigosas com as motocicletas.

Uma reportagem da TV Campo Grande, transmissora do SBT na capital sul-matogrossense, mostra imagens do evento, dando destaque para o perigo que os espectadores corriam caso alguma das motos perdesse o controle.

Moradores da rua deram entrevistas à emissora reclamando do barulho que o evento da igreja causou durante todo o sábado. Muitos preferiram não mostrar o rosto com medo de represália.

O caso foi parar na delegacia e a major Itamara Romero, subcomandante do Batalhão de Policiamento de Trânsito de Campo Grande, afirmou que medidas judiciais podem ser tomadas contra a igreja e também contra os motociclistas que participaram do chamado “arrancadão”.

“Tanto para o condutor, quanto para o promotor daquele evento, as medidas são as mesmas”, garante ela. O nome da denominação responsável pelo evento não foi divulgada.

%d blogueiros gostam disto: