O SINAL DE JONAS

SUPORTANDO OS FRACOS
31 de março de 2016
DEFESA DO EVANGELHO
1 de abril de 2016


E saíram os fariseus, e começaram a disputar com ele, pedindo lhe, para o tentarem, um sinal do céu.

E, suspirando profundamente em seu espírito, disse: Por que pede esta geração um sinal? Em verdade vos digo que a esta geração não se dará sinal algum.

E, deixando-os, tornou a entrar no barco, e foi para o outro lado.

E eles se esqueceram de levar pão e, no barco, não tinham consigo senão um pão.

E ordenou-lhes, dizendo: Olhai, guardai-vos do fermento dos fariseus e do fermento de Herodes.

E arrazoavam entre si, dizendo: É porque não temos pão.

E Jesus, conhecendo isto, disse-lhes: Para que arrazoais, que não tendes pão? não considerastes, nem compreendestes ainda? tendes ainda o vosso coração endurecido?

Tendo olhos, não vedes? e tendo ouvidos, não ouvis? e não vos lembrais,

Quando parti os cinco pães entre os cinco mil, quantas alcofas cheias de pedaços levantastes? Disseram-lhe: Doze.

E, quando parti os sete entre os quatro mil, quantos cestos cheios de pedaços levantastes? E disseram-lhe: Sete.

E ele lhes disse: Como não entendeis ainda?

E chegou a Betsaida; e trouxeram-lhe um cego, e rogaram-lhe que o tocasse.

E, tomando o cego pela mão, levou-o para fora da aldeia; e, cuspindo-lhe nos olhos, e impondo-lhe as mãos, perguntou-lhe se via alguma coisa.

E, levantando ele os olhos, disse: Vejo os homens; pois os vejo como árvores que andam.

Depois disto, tornou a pôr-lhe as mãos sobre os olhos, e o fez olhar para cima: e ele ficou restaurado, e viu a todos claramente.

E mandou-o para sua casa, dizendo: Nem entres na aldeia, nem o digas a ninguém na aldeia.

Marcos 8:11-26

%d blogueiros gostam disto: