ROGAREI

EVITAR A HIPOCRISIA
26 de março de 2018
BUSCANDO PROVA
27 de março de 2018


“E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre; O Espírito de verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque habita convosco, e estará em vós.” (João 14:16-17)

 

            Jesus prometeu enviar o Consolador, o Espírito Santo de Deus, para que ficasse com todos e todos os dias das nossas vidas. Isto quer dizer que desde que Jesus veio nunca mais ficamos sós, sempre tivemos a oportunidade de estarmos acompanhados por Deus, pelo seu Espírito. Quando digo temos a oportunidade, refiro-me ao fato de que nem todos têm o Espírito de Deus, isto porque, para termos o Espírito de Deus, não basta pedirmos, é necessário concordarmos com Ele, o aceitarmos de coração. Muitas pessoas entendem que basta orar, pedir que o recebem. Muitas denominações, templos ensinam as pessoas a orar em línguas, o que na verdade não passa de uma decoreba, e acham que têm o Espírito, ou melhor, que são batizadas pelo Espírito Santo. Mas primeiramente temos que entender uma coisa: existe a diferença de estar com o Espírito, ser cheio do Espírito e outra coisa é ser batizado com o Espírito Santo. Em ambos os casos isto só ocorrerá quando nos dispusermos a servir ao Senhor com inteireza de coração, quando estivermos concordando com Ele, quando estivermos rejeitando o pecado, porque, se estivermos em pecado, por mais que oremos, não teremos o Espírito Santo. O mundo não conhece o Espírito Santo, e por isto falam muitas coisas, inventam, criam, mas é simplesmente engano, porque só é habitação do Senhor uma casa, uma residência limpa e ornada, só ela é que pode ter esse morador tão ilustre e importante. Se nos depararmos com pessoas que estão em alguma prática do pecado e mesmo assim dizem que têm o Espírito de Deus, não acreditem, porque o que elas têm é o espirito de engano. Não vos deixarei órfãos; voltarei para vós. Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais, mas vós me vereis; porque eu vivo, e vós vivereis. Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós. ” (João 14:18-20). Jesus disse que não nos deixaria órfãos, que Ele iria para o Pai, mas também que voltaria, e como sabemos que Deus é Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo, sabemos que, se estivermos vivendo de acordo com os seus preceitos, teremos Jesus habitando em nós. O mundo, as pessoas não sabem e não entendem isso e ficam buscando o Senhor em toda parte, mas, se elas se santificassem, vivessem de acordo com a Palavra de Deus, elas teriam Jesus.

            “Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.” (João 14:21). Jesus de maneira clara explica que somente quem tem os seus mandamentos, somente quem pratica a sua Palavra, quem vive de acordo com o seu Evangelho é que demostra, prova que o ama. Não é de outra maneira que demonstramos amor a Jesus, não é indo todos os dias a templos, nem ofertando muito, nem participando de campanhas e muito menos oferecendo, fazendo sacrifícios. É somente praticando a sua Palavra, essa é a maior expressão de amor e que Jesus reconhece como verdadeira; e esses que assim procedem, obedecendo, vivendo o seu Evangelho são amados por Deus, recebem o amor de Deus. Muitas vezes as pessoas comentam que elas não sentem o amor de Deus, e que, enquanto isto, veem outras pessoas serem abençoadas e receberem o amor do Pai, mas a diferença é exatamente essa. Jesus deixa claro que os obedientes são amados por Deus e por Ele, que também o amará e se manifestará na vida deles. Se queremos ver Jesus se manifestar em nossas vidas, se queremos que Jesus aja em nossas vidas, é necessário nos unirmos a Ele, portanto, é necessário deixar de sermos tão religiosos e sermos praticantes do Evangelho de Jesus Cristo, porque assim teremos Jesus se manifestando em nós, seremos habitação do Espírito Santo e teremos o amor de Deus Pai. A solução é simples, basta sermos obedientes que teremos tudo, e principalmente teremos vida. Disse-lhe Judas (não o Iscariotes): Senhor, de onde vem que te hás de manifestar a nós, e não ao mundo? Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha Palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada.” (João 14:22-23). Jesus volta a repetir, a insistir dizendo que, se alguém o ama, guardará a sua Palavra, guardar é viver, é praticar os seus preceitos, suas ordenanças, seus estatutos, e viver exclusivamente de acordo com a sua vontade. E diz mais: que Ele e Deus Pai virão e farão morada em quem guarda, vive a sua Palavra. Portanto, não precisamos, não necessitamos estar procurando Deus ali ou acolá, porque, se praticarmos o seu Evangelho, Eles estarão dentro de nós. Veja o privilégio que é concedido aos obedientes à Palavra, podemos ser habitação, podemos mostrar, apresentar a face do Senhor através de nós. Assim, se queremos o Senhor, então que façamos a sua vontade, porque somente assim teremos o Espírito Santo em nós, o resto é somente religiosidade. Quem não me ama não guarda as minhas Palavras; ora, a Palavra que ouvistes não é minha, mas do Pai que me enviou. Tenho-vos dito isto, estando convosco. Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu Nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. Ouvistes que eu vos disse: Vou, e venho para vós. Se me amásseis, certamente exultaríeis porque eu disse: Vou para o Pai; porque meu Pai é maior do que eu. Eu vo-lo disse agora antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis. Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo, e nada tem em mim; mas é para que o mundo saiba que eu amo o Pai, e que faço como o Pai me mandou. Levantai-vos, vamo-nos daqui.” (João 14:24-31).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

%d blogueiros gostam disto: