QUEM É

E CONSOLADOS PARA CONSOLAR
16 de abril de 2018
NASCIDO DE DEUS
17 de abril de 2018


“Naquela mesma hora chegaram os discípulos ao pé de Jesus, dizendo: Quem é o maior no Reino dos Céus?” (Mateus 18:1)

 

          As pessoas sempre foram curiosas a respeito do que lhe és desconhecido, assim como os discípulos, que foram até Jesus para saber como era a hierarquia no Céu. Queriam saber quem era o maior no céu, exceto Deus, é claro, queriam saber quais eram os anjos e suas posições, e como nós, os seres humanos, seríamos graduados, quem seria superior aos outros. Observamos que essa curiosidade, esse pensamento é bem humano, terreno e egoísta, porque, a bem da verdade, deveríamos nos contentar somente em buscar a nossa salvação, e não buscar privilégios ou posições elevadas. Não deveríamos ter preocupações com quem é superior ou inferior, deveríamos nos contentar em saber que conseguiremos alcançar a vida, a salvação em Jesus Cristo. Não importa quem é o maior ou menor, quem é superior ou inferior, importa estarmos na presença do Pai. Jesus é o maior, Jesus é Deus e veio ao mundo como o menor, nasceu e viveu como homem, ser humano de origem humilde, mesmo sendo o Deus Todo Poderoso. Portanto, eu não me preocuparia com posições, mas em buscar cada vez mais, com mais afinco a minha vida, a minha salvação, e se eu for digno de ocupar a posição mais inferior que tiver no Céu, eu sou um vencedor, e isso é motivo de festa e alegrias. E Jesus, chamando um menino, o pôs no meio deles, E disse: Em verdade vos digo que, se não vos converterdes e não vos fizerdes como meninos, de modo algum entrareis no Reino dos Céus. Portanto, aquele que se tornar humilde como este menino, esse é o maior no Reino dos Céus.” (Mateus 18:2-4). Veja que Jesus não se preocupou em de imediato responder ao que eles queriam informando sobre quem é o maior ou menor, mas em falar sobre a entrada no Reino. Mostrou que, para entrarmos no Reino dos Céus, temos que ser simples, humildes como uma criança qualquer, temos que confiar em Deus como uma criança confia cegamente em seus pais terrenos. A nossa conversão acontece quando nos tornamos crianças diante de Deus, quando confiamos plenamente Nele e vivemos segundo a sua vontade, quando lhe obedecemos, quando o deixamos dirigir as nossas vidas, quando temos plena confiança no Senhor, sem buscarmos grandes explicações, mas sabendo que Ele é nosso Pai e cuida de nós. Jesus termina afirmando que, para sermos grandes, é necessário sermos os menores aqui, é necessário aprender sobre submissão, sobre humildade, pois esse é o caminho para alcançarmos vitória.

 “E qualquer que receber em meu Nome um menino, tal como este, a mim me recebe. Mas, qualquer que escandalizar um destes pequeninos, que creem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma mó de azenha, e se submergisse na profundeza do mar.” (Mateus 18:5-6). Jesus já aproveita para falar, ensinar, alertar sobre os escândalos que surgem e vão continuar surgindo. Isto é, as pessoas que vão para o Senhor vão com humildade, simplicidade, com inteireza de coração e são enganados, os que os fazem desviar dos seus propósitos, que fazem com que se afastem do caminho da verdade pagarão um alto preço. Pessoas que se dizem cristãs dizem conhecer o Senhor, mas vivem totalmente contrárias à sua Palavra, fazendo com que pessoas as imitem em suas rebeldias. Pessoas que exploram, aproveitam-se da ingenuidade, da simplicidade do Evangelho para levar vantagens pagarão o preço da vergonha e a morte eterna, porque esses espertalhões ou maldosos são como pessoas adultas que exploram crianças, que roubam bala de mãos de crianças, porque, para sermos salvos, temos que nos despir de toda maldade e nos transformarmos em crianças para o Senhor, sermos os pequeninos de Jesus. Jesus fala que é melhor a pessoa se matar do que enganar ou fazer um dos seus pequeninos errar, portanto dá para imaginar o castigo terrível que os aguarda. Assim também são esses que se dizem crentes e vivem dando mau exemplo, fazendo com que muitos se desviem ou que não queiram se converter ao Senhor, ao verem como eles agem. “Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!” (Mateus 18:7). Jesus deixou bem claro que os escândalos aconteceriam, e vemos isto acontecer de maneira alarmante, vemos a todo o tempo pessoas usarem o Nome do Senhor, que é Santo para todo o sempre Amém, de maneira indevida. As pessoas falam que são cristãs, mas as suas ações mostram o contrário, e, por tal motivo, muitas pessoas que queriam se converter ao Senhor acabam desistindo, quando veem tal tipo de comportamento. Ou quando os pequeninos do Senhor vão a templos em busca de congregar e lá são ensinados, direcionados de maneira errada e acabam se afastando do Senhor sem perceber, errando por ignorância, pensando que estão fazendo o certo, e essas pessoas só caem nessas ciladas porque são simples, são os pequeninos do Senhor. Mas todos esses que estão ensinando um evangelho diferente, que estão usando o Nome do Senhor de maneira errada em benefício próprio, os que estão denegrindo o Evangelho irão pagar o mais alto preço. Portanto, se a tua mão ou o teu pé te escandalizar, corta-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida coxo, ou aleijado, do que, tendo duas mãos ou dois pés, seres lançado no fogo eterno. E, se o teu olho te escandalizar, arranca-o, e atira-o para longe de ti; melhor te é entrar na vida com um só olho, do que, tendo dois olhos, seres lançado no fogo do inferno. Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre veem a face de meu Pai que está nos céus.” (Mateus 18:8-10).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino 

%d blogueiros gostam disto: