E MARAVILHADO

UMA SÓ CARNE
20 de junho de 2018
A RAIVA DE DEUS
21 de junho de 2018



"E nisto vieram os seus discípulos, e maravilharam-se de que estivesse falando com uma mulher; todavia nenhum lhe disse: Que perguntas? Ou: Por que falas com ela? (João 4:27)
 
          Jesus, passando pelo território de Samaria e já cansado da longa caminhada, parou e sentou próximo a um poço (fonte de Jacó), enquanto seus discípulos se dirigiram até a cidade com o objetivo de comprar alimentos, pois estavam famintos e já era aproximadamente meio-dia. Jesus conversa com uma mulher, pede-lhe água e oferece a Água Viva. Assim o Senhor começa a pregar para essa mulher, que vivia na prostituição, pois já tivera relacionamento com cinco homens e ainda vivia com um outro. Quando Jesus revelou isso a ela, foi reconhecido como profeta, e assim continuou Cristo a pregar e ensinar a verdade para aquela mulher samaritana. Os discípulos acharam estranho Ele estar conversando com uma mulher, principalmente samaritana, porque, entre outras coisas, os samaritanos não se davam com os judeus de Jerusalém. Quando Ele retornou, eles nada perguntaram e ficaram só assistindo, enquanto o Senhor fazia aquilo para o qual viera, que era ensinar o seu Evangelho e não só operar milagres, como muitos fazem crer. Temos que aprender com o Senhor e, sempre que nos surgir uma oportunidade, pregarmos o Evangelho. Não precisamos de grandes plateias; falando para uma só pessoa, essa levará adiante a Poderosa Palavra de Deus. As pessoas têm o hábito de acreditar que, para levar a mensagem da cruz, para pregar, ensinar o Evangelho de Jesus Cristo, é preciso ter uma multidão ouvindo, mas não é isso que aprendemos com o Mestre. "Deixou, pois, a mulher o seu cântaro, e foi à cidade, e disse àqueles homens: Vinde, vede um homem que me disse tudo quanto tenho feito. Porventura não é este o Cristo? Saíram, pois, da cidade, e foram ter com Ele.” (João 4:28-30). A mulher samaritana, que tinha ido ao poço somente com o objetivo de apanhar água, após ouvir a Palavra, o Evangelho do Mestre, sai apressada e deixa para trás, inclusive, a vasilha com a água que viera buscar. Vai correndo avisar, chamar, convidar as pessoas para também receberem daquela Água Viva, para receberem o Evangelho. Ela chega à cidade, chama os homens, as pessoas da cidade para irem ouvir a Palavra de Deus, pois ela percebeu que Jesus era o Messias e ela mesma fala isso para o povo. Temos que compreender, ou melhor, nos questionar se estamos realmente pregando o Evangelho como deveríamos ou se estamos nos omitindo, sendo negligentes.
 "E, entretanto, os seus discípulos lhe rogaram, dizendo: Rabi, come. Ele, porém, lhes disse: Uma comida tenho para comer, que vós não conheceis. Então os discípulos diziam uns aos outros: Trouxe-lhe, porventura, alguém algo de comer? Jesus disse-lhes: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e realizar a sua obra.” (João 4:31-34). Os discípulos de Jesus aproveitam o tempo em que essa mulher se ausentou para chamar Jesus para se alimentar, para comer, uma vez que tinham comprado e trazido o alimento da cidade. Jesus responde de maneira que eles não entendem. Ele diz que uma comida tinha para comer, que era fazer a vontade do Pai. Os discípulos não entenderam que Jesus estava falando de obediência, de fazer tudo aquilo que Deus Pai lhe tinha determinado, e Jesus tinha vindo para pregar, para ensinar o seu Evangelho e, portanto, a prioridade era fazer isso: ensinar, pregar, pois o Pai assim tinha determinado. Nós gostamos de falar que somos cristãos, crentes, evangélicos, mas não cumprimos com a nossa obrigação, pois é nosso dever, nossa obrigação pregar o Evangelho, e todo tempo estar falando de Cristo para as pessoas. Essa é nossa missão, é muito mais importante do que nos alimentarmos se estivermos com fome, porque o nosso verdadeiro alimento é fazer a vontade do Senhor, temos que realizar a obra. A prioridade é levar ao conhecimento de todos, do mundo, que só existe salvação em Jesus e que, se não se renderem a Ele, irão padecer por toda a eternidade. "Não dizeis vós que ainda há quatro meses até que venha a ceifa? Eis que eu vos digo: Levantai os vossos olhos, e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa. E o que ceifa recebe galardão, e ajunta fruto para a vida eterna; para que, assim o que semeia como o que ceifa, ambos se regozijem. Porque nisto é verdadeiro o ditado, que um é o que semeia, e outro o que ceifa. Eu vos enviei a ceifar onde vós não trabalhastes; outros trabalharam, e vós entrastes no seu trabalho.” (João 4:35-38). Jesus mostra para eles que existe urgência em pregar as Boas Novas, a Boa Notícia, o Evangelho, e que são bilhões de pessoas necessitando de ouvir essa Palavra. Não fomos nós que preparamos essas pessoas para ouvir a Palavra, mesmo porque, como Jesus disse: "não fostes vós que me escolheste, pelo contrário, eu escolhi a vós e vos nomeei para que ides e deis frutos e o vosso fruto permaneça”. Devemos pregar o Evangelho de Jesus Cristo, e as pessoas se converterão, aceitarão que o Senhor já as preparou, já as chamou. A nossa função é somente falar de Cristo, não temos que convencer ninguém, porque tudo isto quem faz é o Senhor. Temos que saber que a vontade do Senhor em nossas vidas é prioridade, temos que lhe obedecer sempre, e só depois pensarmos em nós mesmos, temos que nos alimentar levando a sua mensagem, e só depois nos alimentarmos de comida normal. As pessoas, ao ouvirem, se converterão, mesmo se estivermos em território inimigo, pois quem faz tudo é o Senhor, temos que ser somente o instrumento para levar a mensagem. "E muitos dos samaritanos daquela cidade creram Nele, pela palavra da mulher, que testificou: Disse-me tudo quanto tenho feito. Indo, pois, ter com Ele os samaritanos, rogaram-lhe que ficasse com eles; e ficou ali dois dias. E muitos mais creram Nele, por causa da sua Palavra. E diziam à mulher: Já não é pelo teu dito que nós cremos; porque nós mesmos o temos ouvido, e sabemos que este é verdadeiramente o Cristo, o Salvador do mundo.” (João 4:39-42). 
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

%d blogueiros gostam disto: