LUZ E OMISSÃO

A HISTÓRIA DO FILHO PERDIDO
27 de julho de 2018
E A VIDEIRA VERDADEIRA E SEUS RAMOS
30 de julho de 2018


“E disse-lhes: Vem porventura a candeia para se meter debaixo do alqueire, ou debaixo da cama? Não vem antes para se colocar no velador?” (Marcos 4:21)

 

          Jesus o tempo todo chamava e nos chama para fazermos a diferença, sermos cristãos autênticos e não temermos nada ou ninguém, a não ser somente Deus Pai, porque só Ele tem todo o Poder para nos livrar, salvar ou nos matar, e ainda lançar as nossas almas no inferno. Sermos cristãos autênticos e não nos envergonharmos do Evangelho, não termos vergonha ou medo de nos declarar como discípulos de Jesus, porque nós temos a obrigação de fazermos a diferença, temos que ser luzes, sermos o sal da terra, temos que temperar. Ninguém acende uma luz, uma lâmpada para mantê-la escondida, ao contrário, a luz tem que estar em local de destaque, tem que estar em um local que possa iluminar todo o ambiente. Assim nós, como cristãos, devemos ser reconhecidos em toda parte como cristãos, como pessoas honestas, de caráter, como pessoas amigáveis, e como pessoas hospitaleiras às quais todos saibam que podem recorrer, que podem contar conosco na hora da necessidade, que podem vir pedir um conselho, uma orientação, porque ouvirão dos nossos lábios as palavras diretas do Reino. Temos que ser reconhecidos como discípulos de Jesus no trabalho, em casa, no colégio, no lazer, em toda parte, podemos ser escarnecidos por esse motivo, mas não devemos nos importar. Não podemos em hipótese alguma negar Jesus, e todos os que se omitem estão negando Cristo e, portanto, serão negados também por Ele. Não podemos nos corromper, nem deixar nos influenciar pelas coisas do mundo, não podemos tentar nos igualar às leis do mundo, e não existem justificativas que permitam que sejamos iguais. Mas, claro, só seremos diferentes se formos luzes, porque são muitas as lâmpadas queimadas, são muitas as lâmpadas apagadas, são pessoas que frequentam uma igreja denominacional qualquer, que praticam rituais, mas continuam no erro, no pecado e, na verdade, as vezes são piores do que os ímpios. Sabemos que podemos ser rejeitados, podemos ser criticados, até perdermos emprego, sermos discriminados, mas não podemos nos omitir, não podemos esconder, temos que ter uma posição clara sobre a nossa fé. Não podemos simplesmente nos calar com medo de sofrimentos, porque somente Deus pode nos salvar. Temos que iluminar, esclarecer, temos que trazer conhecimento, temos que iluminar o ambiente, portanto, onde estivermos, tudo se torna claro e não existem trevas, as pessoas que quiserem permanecer no erro será por opção, e não por ignorância.

 “Porque nada há encoberto que não haja de ser manifesto; e nada se faz para ficar oculto, mas para ser descoberto. Se alguém tem ouvidos para ouvir, ouça.” (Marcos 4:22-23). Não existe absolutamente nada que fica escondida, mesmo porque tudo está claro e patente diante do Senhor, pois Ele esquadrinha os nossos corações, examina as nossas mentes. Assim aquele que tenta se passar por cristão sem de fato, sem realmente agir como discípulo de Jesus com certeza vai padecer por toda a eternidade, o que lhe está reservado é sofrimento e dor, por negar o Senhor. Por isso somos inteligentes, seguimos Jesus, pegamos a nossa cruz e vamos nos seus passos, estando preparados para levar o Evangelho a todos, não somente com palavras, mas principalmente com a nossa maneira de ser, de viver, por causa do nosso caráter, e porque em nós habita o Espírito de Deus, e assim praticamos o seu fruto, que é bondade, benignidade, amor, domínio próprio, mansidão, fé e temperança. Podemos ser criticados por agirmos o tempo todo em Nome de Jesus (que é Santo para sempre Amém), mas jamais por não sermos verdadeiros, porque quem se omite peca. “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado.” (Tiago 4:17). Portanto, todos os que se omitem, os que não se apresentam, não se declaram como homens e mulheres de Deus, agindo em conformidade com o Evangelho de Jesus Cristo, estão em pecado, estão em erro, por mais que sejam frequentadores de templos evangélicos cristãos ou outros. Não existem desculpas para a omissão, temos que simplesmente ser e fazer a diferença, temos que influenciar o mundo como lâmpadas, como grandes faróis iluminando tudo para que onde estivermos não existam trevas. As pessoas, os pecadores têm que se sentir incomodados, envergonhados em nossa presença, e não o contrário. Somos chamados para fazermos a diferença, e não para nos calar ou passar despercebidos, não somos chamados para sermos covardes ou termos medo de sofrimentos, ao contrário, somos chamados para que andemos na Luz de Cristo e, portanto, a sua Luz que reflete em nós nos transforma em luzes. “E disse-lhes: Atendei ao que ides ouvir. Com a medida com que medirdes vos medirão a vós, e ser-vos-á ainda acrescentada a vós que ouvis.” (Marcos 4:24). Assim como somos e vemos é a maneira como seremos vistos e julgados, e não podemos esquecer que o nosso Juízo é o Deus Todo Poderoso e Criador do céu e da terra. Quando não estamos fazendo a diferença, estamos nos omitindo, estamos deixando de apresentar o Reino de Deus, estamos impedindo as pessoas de conhecerem Jesus, de verem a sua face. Quando nos calamos diante de todos os pecados, diante das rebeliões, estamos concordando, e quem concorda, se cala, consente, e quem consente com o erro, com o pecado, está indo contra o Senhor e, portanto, receberá o tratamento dispensado aos adversários, aos inimigos de Deus. Assim sendo, nos levantemos e sejamos autênticos discípulos de Jesus, em tempo integral até o dia da sua volta, pois Ele está voltando para buscar a sua igreja. “Porque ao que tem, ser-lhe-á dado; e, ao que não tem, até o que tem lhe será tirado.” (Marcos 4:25).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

%d blogueiros gostam disto: