E PORTA DAS OVELHAS

SÓ PARÁBOLAS
14 de agosto de 2018
E JESUS FOI TRASPASSADO
15 de agosto de 2018


“Depois disto havia uma festa entre os judeus, e Jesus subiu a Jerusalém. Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres. Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água.” (João 5:1-3)

 

          Jesus passou por Samaria, onde pregou para uma mulher, e através dela uma grande multidão de pessoas se converteu. Depois Ele entrou na Galileia, onde curou o filho de um oficial que estava à beira da morte, e agora Ele sobe a Jerusalém, em época de festa dos judeus. No templo, Jesus se dirige ao tanque Betesda, onde se reuniam os deficientes físicos, aleijados, cegos, e aqueles com todos os tipos de enfermidade à espera de uma cura espiritual. Isto porque, naquela época, as pessoas com deficiência física não tinham esperança de cura através da medicina, porque ela não estava evoluída, e os médicos não sabiam como curar essas pessoas, e sempre para os deficientes físicos a resposta era que não havia cura. Quando alguém nascia com uma deficiência física, ou mesmo se a adquirisse depois de adulto, sabia que não seria curado, porque a ciência não sabia, não tinha resposta ainda. Portanto, buscavam a cura de maneira espiritual. Sabiam ou conheciam a história que no templo, no tanque de Betesda, um anjo de tempos em tempos descia e revolvia a água, e a primeira pessoa que conseguisse entrar na água recebia a cura imediatamente. Então elas ali se reuniam e ficavam aguardando, e quando a água era revolvida, elas pulavam, disputavam com todos para serem os primeiros. “Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse.” (João 5:4). Portanto, a esperança da cura dessas pessoas era entrar no tanque, conseguir se molhar, ser o primeiro a entrar na água após ela ser agitada pelo anjo. Mas devemos entender que a Bíblia fala que havia uma multidão de enfermos que ficavam ali aguardando, assim sabemos que a disputa para ser o primeiro era muito grande. Logo, quem não tivesse quem o conduzisse à água, ou não pudesse se locomover até a água, não tinha esperança de ser curado, porque muitos outros estavam à frente. Quando alguém que não tinha condições de se locomover estava ali esperando, demonstrava uma grande, uma enorme fé.

 “E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo. E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?” (João 5:5-6). Estava ali entre tantos um homem cujo nome não sabemos, porque a Bíblia não relata, mas Jesus sabia que há trinta e oito anos ele estava enfermo. Também sabemos que não estava enfermo de nascença porque, se assim fosse, a Bíblia assim o diria. Esse homem, conhecido como o enfermo de Betesda, estava deitado ali próximo de vários outros enfermos à espera de um milagre – e veremos que o milagre que ele esperava era maior do que o dos demais. Sim, porque estava só, não havia ninguém para conduzi-lo à água quando o anjo descesse e nela mexesse, e ele sozinho não podia se locomover. Mas vemos que ele tinha fé, porque, caso contrário, não estaria ali, e cremos que ele deveria ficar dia e noite aguardando que algo acontecesse, porque, se não fosse assim, não justificaria permanecer naquele local. Então Jesus se aproxima dele e o questiona, pergunta-lhe se quer ficar são, se quer ficar curado, livre do seu mal. Jesus sabia disso, sabia que ele queria, mas era exatamente para fortalecer a sua fé e para nos deixar como ensinamento. “O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.” (João 5:7). O enfermo responde de maneira afirmativa que quer ficar livre da enfermidade, mas também fala da dificuldade, da impossibilidade de receber a cura por não conseguir entrar na água. É uma tendência as pessoas, mesmo tendo fé, olharem para as dificuldades e esperarem uma solução da única maneira que conhecem ou imaginam. Aquele enfermo esperava a cura somente se ele entrasse na água sendo o primeiro depois do anjo, não imaginava que não precisaria entrar na água, não precisaria se molhar para receber a bênção da cura, o seu milagre. Jesus não trava longo diálogo com o enfermo e nem fica ouvindo suas lamentações, ou as suas dificuldades de conseguir entrar na água, Ele mas simplesmente dá uma ordem. “Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda. Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado.” (João 5:8-9). Jesus não lhe responde, não o consola devido a seu sofrimento ou a sua dificuldade de entrar na água, Ele simplesmente manda-o levantar-se, pegar a sua cama, seu leito, e ir embora. O homem, que estava enfermo há trinta e oito anos, ouve a voz, ouve o comando do Senhor e imediatamente levanta, e, apanhando a sua cama, vai embora – com certeza muito alegre. Mas vemos que, por ser um dia de sábado – os religiosos, os judeus não se permitiam fazer nada no dia de sábado –, vão criticá-lo por estar levando a sua cama naquele dia. As pessoas se prendem à religião e não olham para Jesus, e por tal motivo não são libertas das suas mazelas. “Então os judeus disseram àquele que tinha sido curado: É sábado, não te é lícito levar o leito. Ele respondeu-lhes: Aquele que me curou, ele próprio disse: Toma o teu leito, e anda. Perguntaram-lhe, pois: Quem é o homem que te disse: Toma o teu leito, e anda? E o que fora curado não sabia quem era; porque Jesus se havia retirado, em razão de naquele lugar haver grande multidão. Depois Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior. E aquele homem foi, e anunciou aos judeus que Jesus era o que o curara. ” (João 5:10-15).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

%d blogueiros gostam disto: