SOBERBA E ORGULHO

CUIDAR DOS SEUS
23 de agosto de 2018
O MORDOMO INFIEL
24 de agosto de 2018


“E disse também está parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram justos, e desprezavam os outros: Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano.” (Lucas 18:9-10)

 

          Jesus, mais uma vez fazendo uso de uma parábola, que é uma maneira ilustrada de falar sobre um tema, trazer um novo ensinamento, fala sobre a arrogância, a soberba de muitos que se dizem cristãos, que se dizem conhecedores da vontade de Deus. Da mesma maneira, nos dias de hoje, vemos pregadores televisivos orarem com arrogância, exigindo, determinando que Deus os atenda. Na verdade, querem mandar no Senhor, e por esse motivo fazem orações inflamadas e exigentes. Por isso sabemos que são pessoas que nada sabem sobre o Reino, principalmente sobre Deus e sobre Jesus Cristo, uma vez que somos somente servos e temos que agir e falar com toda humildade. Primeiramente, temos que compreender que Deus é o Senhor, o Criador de tudo, e que nós nada somos, nossa origem é o barro, a terra, nós fomos criados pelas Mãos de Deus, somos as criaturas, Ele é o Criador. Temos como exemplo Davi, que foi chamado por Deus de seu amigo, Deus Pai o qualificou como amigo de Deus, e em todos os salmos, orações que Davi fazia a Deus, vemos a submissão, vemos o seu respeito, amor e temor. Vemos nos grandes profetas a maneira como se dirigiam ao Senhor em suas orações, em seus pedidos, vemos a sua simplicidade e humildade. Quando os comparamos aos nossos atuais pregadores, ou seguidores destes, nos assustamos, pois já existem pregadores que ensinam como colocar Deus na parede, para obrigá-lo a atender a seus pedidos. Temos que entender que só estamos vivos graças às misericórdias do Senhor, que devemos amá-lo e temê-lo, que não há outra maneira de dizer que devemos ter medo de Deus, pois Ele é o único que pode nos matar e ainda lançar as nossas almas no inferno por toda a eternidade. Devemos estar sempre atentos aos ensinamentos bíblicos, devemos nos ater principalmente ao Novo Testamento, pois é o Evangelho da Graça em que vivemos. Temos que aprender o que é submissão, humildade, e isso aprendemos com o Mestre Jesus Cristo, que, sendo Deus, se destituiu de sua Divindade e veio ao mundo em forma de homem comum. Passou por todos os sofrimentos e humilhações sem nada reclamar até a morte, e morte de Cruz.

           “O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este publicano. Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.” (Lucas 18:11-12). Assim como esses fariseus, vemos muitos hoje lotando os templos denominacionais, pois afirmam que são verdadeiros homens e mulheres de Deus, isto porque dizimam, ofertam e não são ladrões, não são desonestos. Por esse motivo se acham qualificados para receber todas as bênçãos do Senhor e, principalmente, prontos para herdarem a vida eterna. As pessoas acham que, por não estarem em um adultério, ou por irem à igreja denominacional, ou congregação, uma ou mais vez por semana, por jejuarem de vez em quando, por cantarem no templo, por serem pregadores são pessoas prontas para receberem do Senhor, terem atendidos os seus pedidos. Muitas vezes, quando ouvimos as orações dessas pessoas, percebemos que, na verdade, estão querendo ensinar ao Senhor como se deve fazer, querem que Deus faça exatamente como elas falam. Tratam o Senhor como uma criança, ou com problemas, porque, na verdade, elas é que se colocam no lugar de Deus e transformam o Senhor em servo. Vejo pessoas citarem um trecho isolado da Bíblia para justificarem a sua arrogância, e as que ensinam que podem determinar a bênção não param para pensar que a bênção quem tem é Deus, portanto, quando determinamos a bênção, estamos determinando, mandando, ordenando a Deus que nos abençoe. Isto que é soberba, estão agindo como o diabo, pois queriam ser superiores ao Senhor; esses arrogantes são servos do diabo. Nada somos sem o Senhor, portanto, devemos ir a Ele com toda humildade e deferência. “O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!” (Lucas 18:13). Temos que seguir o exemplo não do fariseu que se autojustificava, mas desse publicano que tinha o conhecimento de onde era e tinha vindo, não esquecia a sua origem. Graças a Jesus que nos libertou dos nossos pecados é que podemos ir até Deus diretamente e falar com Ele, apresentar os nossos agradecimentos, nossas petições, mas, principalmente, nossos louvores. Somos criaturas Dele e salvos por Ele, Jesus é a Porta pela qual podemos escapar da morte eterna, Ele é o Senhor, assim, com toda humildade nos dirigimos a Ele. Temos que amar de maneira reverente, as pessoas deveriam sempre, quando fossem orar, estar vestidas de maneira adequada, porque estão indo falar com a pessoa mais importante deste mundo. Não podemos mandar, exigir, mas sempre, assim como Jesus nos ensinou, falar com o Senhor que seja feita a sua vontade sobre nossas vidas. Temos que aprender a nos entregar ao Senhor e, principalmente, temê-lo, porque Ele é Deus. “Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.” (Lucas 18:14).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

%d blogueiros gostam disto: