A QUEM PERTENCE A GLÓRIA

JESUS CONFERE HONRAS A JOÃO BATISTA
4 de setembro de 2018
A LEI CONDENA, JESUS LIBERTA
5 de setembro de 2018


“E, apegando-se o coxo, que fora curado, a Pedro e João, todo o povo correu atônito para junto deles, ao alpendre chamado de Salomão.” (Atos 3:11)

 

 Pedro e João, quando estavam indo para o templo às três horas da tarde, se depararam com um homem mendigo que diariamente era colocado na porta do templo para ficar pedindo esmola. Esse mendigo era um homem aleijado de nascença, assim sabemos que ele nunca tinha andado em sua vida. Quando ele se dirigiu aos apóstolos pedindo-lhes esmola, eles olharam em seus olhos e perceberam que ele tinha fé para ser curado. Eles lhe disseram que não tinham nem ouro nem prata, mas o que eles tinham lhe dariam, e assim mandaram que ele se levantasse e andasse em Nome de Jesus. E imediatamente o mendigo e aleijado ficou de pé e entrou com eles no templo louvando a Deus, e todos os que estavam no templo, todas as pessoas, ao verem aquilo, aquele grande sinal, vieram correndo entender o que estava acontecendo, pois conheciam o aleijado, agora ex-aleijado, e estavam todos temerosos e assustados, rodeando os apóstolos como se eles fossem alguma divindade. “E quando Pedro viu isto, disse ao povo: Homens israelitas, por que vos maravilhais disto? Ou, por que olhais tanto para nós, como se por nossa própria virtude ou santidade fizéssemos andar este homem?” (Atos 3:12). Pedro, quando viu aquilo, percebeu que o povo estava buscando alguma coisa ou alguém para adorar, idolatrar, e isso o assustou, pois sabia que Deus não divide a Glória Dele com ninguém. Por isto chamou a atenção de todos e então pregou apresentando a todos Jesus, mostrando que eles nada fizeram, quem tinha curado aquele aleijado fora Jesus Cristo, de quem eles tinham exigido a prisão e morte. Pedro em momento nenhum permitiu que as pessoas o exaltassem, pois ele sabia que o nosso papel é o de sermos simplesmente servos do Senhor, fazermos o que Ele manda, executarmos as suas ordens, preceitos e mandamento, e os milagres acontecem, os sinais, porque quem os faz é Ele, que está vivo e vive para sempre. Não podemos nos vangloriar em hipótese alguma porque oramos para alguém e essa pessoa fica curada, ou se liberta de demônios e mal, pois quem está fazendo tudo é Jesus, nós somos somente instrumentos Dele. Não somos nada, e pela sua misericórdia é que Ele nos usa, portanto, antes de tudo, devemos, sim, agradecer-lhe, louvá-lo, exaltá-lo e glorificar sempre o seu Nome (que é Santo para sempre Amém). Portanto, em toda a situação, devemos rejeitar todos os tipos de adoração ou de agradecimentos que venham nos fazer, que as pessoas louvem e agradeçam a Deus.

       “O Deus de Abraão, de Isaque e de Jacó, o Deus de nossos pais, glorificou a seu filho Jesus, a quem vós entregastes e perante a face de Pilatos negastes, tendo ele determinado que fosse solto. Mas vós negastes o Santo e o Justo, e pedistes que se vos desse um homem homicida. E matastes o Príncipe da vida, ao qual Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas.” (Atos 3:13-15). Pedro, continuando, fala de Deus Pai, de Deus Todo Poderoso, e fala como Ele mesmo se identificou, que foi como o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, o Deus de Jacó, e, quando Ele assim se apresentou a Moisés, na sarça ardente, todos esses patriarcas já tinham morrido há centenas de anos. Com isto, Ele estava dizendo que era Deus dos vivos e não dos mortos, estava afirmando que os três patriarcas estavam vivos, ou seja, estavam vivos Nele, portanto, viveriam para sempre. Fala quem era Jesus Cristo, informando, afirmando que era o Filho de Deus a quem eles, os hebreus, os judeus tinham perseguido, prendido, crucificado e matado. Lembra ainda que o governador Pilatos tentou soltá-lo, mas eles tinham exigido a sua morte, não permitindo que Pilatos o soltasse, e assim Ele foi morto por eles. Mas Deus Pai, como sempre, cumpriu a sua Palavra e não o deixou morto, e o ressuscitou dos mortos em três dias. Pedro diz que ele e os outros são testemunhas desse fato, eles viram Jesus depois que foi morto, depois de ressurreto, portanto, agora, de maneira clara, ele os chama de assassinos, afirmando que eles tiraram a vida do Filho de Deus. Pedro não chamou ninguém para se converter oferecendo algo, mas simplesmente metendo o dedo na ferida, mostrando-lhes os seus pecados, os seus erros, mostrando-lhes que eles estavam errados, e a única maneira de escaparem de tão severo castigo, da punição que seus atos mereciam era se arrependendo, se convertendo a Cristo. Pedro não fez campanhas e nenhum show, ele somente pregou, falou a verdade e acusou, mostrou o pecado do povo. Isso é que precisamos fazer, mostrar o erro dessas pessoas que estão cegas, que estão nas trevas, para que vejam Luz, para que se convertam a Cristo e não a uma denominação, não a uma congregação qualquer ou a um pastor, mas a Jesus Cristo, o Filho de Deus, para que sejam salvas e assim escapem do castigo eterno. “E pela fé no seu Nome fez o seu Nome fortalecer a este que vedes e conheceis; sim, a fé que vem por Ele, deu a este, na presença de todos vós, está perfeita saúde. E agora, irmãos, eu sei que o fizestes por ignorância, como também os vossos príncipes. Mas Deus assim cumpriu o que já dantes pela boca de todos os seus profetas havia anunciado; que o Cristo havia de padecer. Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor, E envie Ele a Jesus Cristo, que já dantes vos foi pregado. O qual convém que o céu contenha até aos tempos da restauração de tudo, dos quais Deus falou pela boca de todos os seus santos profetas, desde o princípio. Porque Moisés disse aos pais: O Senhor vosso Deus levantará de entre vossos irmãos um profeta semelhante a mim; a Ele ouvireis em tudo quanto vos disser. E acontecerá que toda a alma que não escutar esse profeta será exterminada dentre o povo. Sim, e todos os profetas, desde Samuel, todos quantos depois falaram, também predisseram estes dias. Vós sois os filhos dos profetas e da aliança que Deus fez com nossos pais, dizendo a Abraão: Na tua descendência serão benditas todas as famílias da terra. Ressuscitando Deus a seu Filho Jesus, primeiro o enviou a vós, para que nisso vos abençoasse, no apartar, a cada um de vós, das vossas maldades.” (Atos 3:16-26).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

%d blogueiros gostam disto: