FORTALECENDO OS CORAÇÕES

LIBERTOS DO PECADO
22 de novembro de 2018
PREGAÇÃO
23 de novembro de 2018


“Sede, pois, irmãos, pacientes até à vinda do Senhor. Eis que o lavrador espera o precioso fruto da terra, aguardando-o com paciência, até que receba a chuva temporã e serôdia. Sede vós também pacientes, fortalecei os vossos corações; porque já a vinda do Senhor está próxima.” (Tiago 5:7-8)

 

 Não podemos ser impacientes e nem ansiosos. Sabemos que o Senhor Jesus sempre nos alertou sobre a ansiedade, portanto, tenhamos calma e aguardemos a sua vinda, o seu regresso, quando então levará a sua igreja. Vejo pessoas diante das dificuldades, diante das lutas desejarem que Jesus volte logo, mas falam isto somente para se livrarem das suas dificuldades. Temos que saber que o Senhor voltará logo, mas esse logo não é imediato, porque não podemos esquecer que para o Senhor um dia é como mil anos e mil anos são como um dia, assim sendo, sabemos que pode demorar ainda bastante. Na verdade, sabemos que ainda vai demorar um pouco, porque, como Jesus disse, nem Ele mesmo sabe quando isso ocorrerá, somente o Pai, mas Ele fez questão de nos alertar sobre alguns fatos que ocorrerão antes da sua vinda. Por exemplo, o seu Evangelho será pregado em toda parte do mundo, e ainda falta vir antes o filho da apostasia e outros sinais, portanto, devemos sim lutar, perseverar e praticar o Evangelho sabendo que, no momento certo, tudo mudará, mas possivelmente essa geração ainda não verá a vinda do Senhor estando em carne. Também devemos tomar muito cuidado, porque não é pelo fato de o Senhor ainda demorar um pouco a voltar (isto olhando o fator tempo e não a eternidade, que é onde Deus vive) que podemos relaxar, porque podemos ser chamados a qualquer momento, podemos estar vivos agora e um segundo depois morrermos, e depois que partirmos nada mais restará a não ser o julgamento final, e se não estivermos na presença do Senhor aqui, nada nem ninguém poderá nos salvar. Não existem rezas, missas, orações, rituais, nada que possa mudar isto. O Senhor Jesus não será mais o Advogado, e sim o Juízo, porque, quando morrermos aqui, iremos ficar aguardando o julgamento, e isto ocorrerá quando Jesus voltar, porque aqueles que estiverem mortos em Cristo, ou seja, os que estiverem vivendo de acordo com o Evangelho, quando morrerem, acordarão para a vida eterna, e todos os outros para o sofrimento, desonra e morte eterna.

           “Irmãos, não vos queixeis uns contra os outros, para que não sejais condenados. Eis que o juiz está à porta. Meus irmãos, tomai por exemplo de aflição e paciência os profetas que falaram em Nome do Senhor.” (Tiago 5:9-10). Sabendo de tudo isso, então não podemos passar as nossas vidas reclamando de nosso próximo, não podemos viver de maneira impaciente, e sim olhando para o Senhor, olhando para Jesus, nosso alvo. Não esqueçamos que não podemos ficar buscando uma solução fácil com o retorno do Senhor, porque não será dia de alegria, nem de festa, será dia de tristeza, de dor, de sofrimentos, porque as pessoas serão separadas para nunca mais terem contato umas com as outras, marido separado da esposa, filhos de pais, irmãos, enfim. Muitos que se achavam pessoas cristãs serão deixadas para trás, outras que julgávamos pecadoras subirão para encontrar com o Senhor nas nuvens. Nosso manual de vida é a Bíblia, e basta olharmos, lermos, meditarmos nela, examinarmos a vida dos santos homens de Deus que passaram por todo tipo de lutas e sofrimento, muitos padeceram até a morte, e morte de várias maneiras, e muitas delas, para não dizer a maioria, de maneira cruel. Gostamos de falar que somos discípulos do Senhor, mas não queremos passar por lutas, não queremos enfrentar sofrimentos. Jesus deixou bem claro que passaríamos por aflições, e isto só por sermos seus seguidores. “Eis que temos por bem-aventurados os que sofreram. Ouvistes qual foi a paciência de Jó, e vistes o fim que o Senhor lhe deu; porque o Senhor é muito misericordioso e piedoso. Mas, sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo céu, nem pela terra, nem façais qualquer outro juramento; mas que a vossa palavra seja sim, sim, e não, não; para que não caiais em condenação.” (Tiago 5:11-12). Com certeza, desses santos homens de Deus que sofreram, muitos morreram em seus sofrimentos, mas nos alegremos neles, porque sabemos que obtiveram vida, que não negociaram a sua fé. Sabemos do amor de Deus para cada um, ou melhor, para todos nós, e esse amor é mostrado quando somos fiéis a Ele e estamos passando por lutas e perseguições, porque o seu amor se manifesta de maneira tremenda, dando-nos condições de enfrentar as adversidades e superar os obstáculos de acordo com a sua Palavra. Temos que aprender a louvar o Senhor todo o tempo, independentemente da situação em que nos encontremos, e sempre praticar a sua Palavra, sermos pessoas de palavras, sem confusão. Não termos dúvidas, sermos sempre diretos e claros, sempre apresentarmos a face de Cristo, e, quando encontrarmos pessoas necessitando, orarmos, repreendermos o mal e seguirmos sempre olhando para Cristo, nosso Autor e consumador da nossa fé. “Está alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores. Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em Nome do Senhor; E a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. Irmãos, se algum dentre vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter, Saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador, salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados.”(Tiago 5:13-20).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino 

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

%d blogueiros gostam disto: