CONHECENDO JESUS

OUVINDO DEUS
19 de fevereiro de 2019
O AMOR FRATERNAL
21 de fevereiro de 2019


“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus.” (João 1:1-2)

 

         A maioria das pessoas que se identificam como cristãos, como crentes ou conhecedores de Deus, na verdade, estão mentindo, pois não o conhecem, e basta ver pelas suas afirmações, porque a verdade é que Jesus é Deus, e que Jesus é a Palavra, é o Verbo, consequentemente, quando estamos meditando na Palavra, no Evangelho, estamos falando, ouvindo, estamos em comunhão com o Pai. Quando a Palavra, que é Jesus, afirma que no princípio, no início de tudo era o Verbo, ou seja, era Jesus, e que Jesus estava com Deus, é porque, como o próprio Jesus disse: “quem vê o Pai vê a mim, pois eu e o Pai somos um”. O verbo, a Palavra, era Deus, assim fica bem esclarecido que Jesus é a Palavra e que Deus é a Palavra, pois ambos, ou melhor, os três: Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo vivem juntos, assim como nós somos três, e não é possível separar. Somos um espírito que tem uma alma e que vive em um corpo, e é impossível separar a nossa alma ou nosso corpo do espírito. Hoje quem tudo comanda é Jesus Cristo, pois Deus Pai entregou tudo ao seu comando, e assim todos os joelhos, todas as coisas se submetem a Ele, tanto na terra como no céu. O verbo era Deus, a Palavra era Deus, que é Jesus, e que hoje é a Palavra e a encontramos em nossas Bíblias, e o ouvimos falar diretamente conosco quando lemos, quando meditamos, estudamos as nossas Bíblias. “Todas as coisas foram feitas por Ele, e sem Ele nada do que foi feito se fez.” (João 1:3). Sabemos que tudo é criação de Deus, que tudo foi feito pela sua Palavra, ou seja, pelo Verbo, assim iniciou tudo pelo Verbo. Nós somos criação do Senhor, e foi a única coisa que o Senhor fez pelas suas mãos, com as suas próprias mãos, pois primeiro fez o homem do pó da terra, do barro, e em seguida Ele, com as suas mãos, tirou uma costela do homem, Adão, e fez a mulher, Eva. Somente nós, os seres humanos, tivemos o privilégio de sermos feitos, moldados pelas mãos do Pai, assim conhecemos a nossa história e conhecemos o nosso Pai. Mas muitos dos que se dizem cristãos, crentes, falam e oram, rezam a um Deus que não conhecem, a um Deus abstrato, e buscam revelações pessoais, não sabendo que Deus tudo já nos fala, e fala pela sua Palavra, que é a nossa Bíblia, que é o Evangelho de Jesus Cristo. Temos que conhecer o nosso Deus Pai Criador de tudo, sabendo que Ele é Jesus.

        “Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam.”(João 1:4-5). Em Jesus estava a Vida, isto porque Ele próprio é a própria Vida, e além da vida é a Luz que tudo ilumina, não deixando nada escondido ou às escuras. Jesus é a Vida, porque somente Ele poderia nos salvar, nos dar vida depois que partirmos deste mundo, porque somente Ele poderia nos comprar de volta, uma vez que estávamos mortos em nossos pecados. Jesus nos comprou, nos resgatou e Nele, somente Nele podemos alcançar a salvação, se realmente nos arrependermos dos nossos pecados e passarmos a viver segundo as suas determinações. Assim, seremos perdoados por Ele, uma vez que lhe pertencemos, pois, como falamos anteriormente, Ele nos comprou, portanto, se nos submetermos a Ele, então viveremos Nele por toda a eternidade, isto é, a sua Palavra que é Ele mesmo. Jesus é a Luz, porque Nele todas as coisas se tornam claras, e tudo o que está escondido, oculto não é Dele, mas do adversário, do inimigo das nossas almas, pois pretende e tudo faz para nos destruir. Jesus, a Luz, a Vida, veio ao mundo em carne, veio como uma pessoa humana, mas nós, os seres humanos, não o reconhecemos e nem o aceitamos, ao contrário, o humilhamos, perseguimos, espancamos e o crucificamos, ali, na cruz do Calvário, onde Ele veio entregar a sua vida por nós. O pecado, o erro são trevas, e então as trevas não compreenderam, e assim rejeitaram o Filho de Deus, que é Deus, e, consequentemente, a Palavra, o Verbo. “Houve um homem enviado de Deus, cujo nome era João. Este veio para testemunho, para que testificasse da luz, para que todos cressem por ele.” (João 1:6-7). Deus Pai já tinha revelado que primeiro viria um profeta, Elias, ou no espírito de Elias, para preparar o caminho do Senhor, preparar as pessoas para receberem o seu Filho amado, então enviou João Batista para alertar as pessoas de que Jesus estava vindo, chamando o povo ao arrependimento, porque, Jesus sendo a Luz, João Batista veio para testemunhá-la, prova tal que, antes de Jesus se batizar com ele, antes de Jesus iniciar seu Ministério, antes de se dar a conhecer, João já alertava que Ele estava vindo. E muitos creram, mas a maioria dos religiosos, dos fariseus, rejeitaram, não creram em João e nem em Jesus, por isto escolheram o caminho das trevas, da escuridão, porque não quiseram a Luz. “Não era ele a luz, mas para que testificasse da Luz. Ali estava a Luz verdadeira, que ilumina todo o homem que vem ao mundo.” (João 1:8-9). João Batista não era a Luz, mas veio para testemunhar a verdadeira Luz, veio para testemunhar sobre o Verbo, sobre o Filho de Deus, sobre o Verbo, o Deus trino. Apesar de também ter sido revelado muitos anos antes a sua vinda, João era somente um profeta, o qual, inclusive, Jesus disse que maior do que ele não existiu e não existiria. “Estava no mundo, e o mundo foi feito por Ele, e o mundo não o conheceu. Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que creem no seu Nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus. E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.” (João 1:10-14).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.

Um abraço,

Pr. Henrique Lino

Se voce está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração. 

%d blogueiros gostam disto: