Sombra de Bens Futuros

Revesti-vos da Armadura de Deus
9 de abril de 2019
Orai por todos!
10 de abril de 2019

“Porque tendo a lei a sombra dos bens futuros, e não a imagem exata das coisas, nunca, pelos mesmos sacrifícios que continuamente se oferecem cada ano, pode aperfeiçoar os que a eles se chegam.” (Hebreus 10:1)

Muitos pregadores se especializam em pregar e ensinar sobre a antiga lei de Moisés, lei que se cumpriu em Jesus, mas vejo que até de maneira deliberada eles procuram se afastar da Graça e ensinar sobre a lei, porque se torna uma pregação fácil, comovente e cheia de expectativas e promessas materiais. Fazem questão de mostrar os sinais que Deus fez no passado e querem fazer crer que da mesma maneira Deus fará na vida das pessoas, e assim as prendem por meio de emoções. Mas temos que compreender que a lei é simplesmente a sombra do que haveria de vir, e não exatamente como deveria acontecer ou que acontecerá na Graça, porque a lei se cumpriu integralmente em Jesus. Na lei eram necessários os sacerdotes estarem oferecendo sacrifícios e holocaustos continuamente por si mesmos e por todo o povo, e mesmo assim esses sacrifícios não resolviam, não solucionavam nada, porque era impossível que sangue de animais aspergido sobre o altar pudesse sanar, libertar as pessoas do pecado. Não é o sangue de carneiros, de bode ou de outro animal que resolve a questão do pecado, pois, se assim fosse, não haveria necessidade de Deus ter que enviar seu Filho amado para morrer em nosso lugar. “Doutra maneira, teriam deixado de se oferecer, porque, purificados uma vez os ministrantes, nunca mais teriam consciência de pecado. Nesses sacrifícios, porém, cada ano se faz comemoração dos pecados, porque é impossível que o sangue dos touros e dos bodes tire os pecados.” (Hebreus 10:2-4). A lei veio com a função de mostrar o que é o pecado, e mostrava e apresentava a punição, e não a solução, porque não havia o perdão, somente a sentença. Era a lei do olho por olho, dente por dente, assim, por mais que se oferecessem sacrifícios, o pecado estava ali presente, mas Jesus, o Filho de Deus, veio na fraqueza da carne, venceu e nos libertou, e por isso nós vivemos Nele hoje. Assim, todos os que teimam em viver, ensinar sobre a antiga lei estão simplesmente ignorando o Filho de Deus e seu sacrifício e morte, portanto, receberão a punição, o castigo inerente da lei, ou seja, a morte, principalmente por ignorar o Filho de Deus.
“Por isso, entrando no mundo, diz: Sacrifício e oferta não quiseste, Mas corpo me preparaste; Holocaustos e oblações pelo pecado não te agradaram. Então disse: Eis aqui venho (No princípio do livro está escrito de mim), Para fazer, ó Deus, a tua vontade.”(Hebreus 10:5-7). Jesus veio para que de uma vez por todas acabassem com os sacrifícios. Portanto, hoje, o Senhor não pede e não aceita nenhum sacrifício nosso, pede simplesmente que lhe obedeçamos. Assim, quando nos deparamos com denominações, pregadores que ficam falando, exigindo, ou pedindo qualquer sacrifício das pessoas, sabemos que são simplesmente exploradores e que não estão pregando a verdade, são lobos exploradores. Jesus veio para fazer a vontade do Pai e foi obediente até a morte, e morte de cruz, e também da nossa parte exige somente a obediência a sua Palavra, a seu Evangelho. Não podemos tentar viver na prática da lei, porque estaremos pecando, invalidando a morte de Cristo, por isto devemos sempre estar atentos a Jesus, porque somente Ele tem condições de nos salvar e de nos dar a Vida eterna. Também não podemos ficar esperando ou orando, desejando as bênçãos que aconteceram com os patriarcas, com Abrão, Isaque, ou com Jacó, Davi, José porque eles não podem salvar ninguém, e o que aconteceu com eles não irá acontecer conosco. “Como acima diz: Sacrifício e oferta, e holocaustos e oblações pelo pecado não quiseste, nem te agradaram (os quais se oferecem segundo a lei). Então disse: Eis aqui venho, para fazer, ó Deus, a tua vontade. Tira o primeiro, para estabelecer o segundo.” (Hebreus 10:8-9). Não mais sacrifícios, não mais holocaustos, não mais a punição com a morte, mas agora com a vida em Jesus através da sua vida. Tirou-se a primeira e estabeleceu-se a segunda, assim se tirou a lei, ela se cumpriu e agora vivemos em Cristo, vivemos na Graça. Portanto, devemos buscar sabedoria em Cristo para não sermos somente religiosos e estarmos vivendo uma religião que é contrária à Graça, ao Evangelho, porque a lei simplesmente tem aparência, mas nada mais serve, a não ser para afastar as pessoas do Senhor, da vida, e sempre vemos Jesus responder aos religiosos, “mas eu vos digo”, quando questionados por eles sobre qualquer assunto da lei de Moisés. Aprendamos sobre Jesus, procuremos conhecê-lo, para que possamos desfrutar da vida, para que possamos desfrutar e justificar o sacrifício que Ele fez por nós. Nenhum sacrifício nos conduz a Ele, somente a sua Palavra, somente o seu Evangelho, temos que ser tão somente obedientes e o reconhecermos como o nosso Senhor. “Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez. E assim todo o sacerdote aparece cada dia, ministrando e oferecendo muitas vezes os mesmos sacrifícios, que nunca podem tirar os pecados; Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus, Daqui em diante esperando até que os seus inimigos sejam postos por escabelo de seus pés. Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados. E também o Espírito Santo no-lo testifica, porque depois de haver dito: Esta é a aliança que farei com eles Depois daqueles dias, diz o Senhor: Porei as minhas leis em seus corações, e as escreverei em seus entendimentos; acrescenta: E jamais me lembrarei de seus pecados e de suas iniquidades. Ora, onde há remissão destes, não há mais oblação pelo pecado.”(Hebreus 10:10-18).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: