Sacrifício a Deus

Orai por todos!
10 de abril de 2019
Seja feita a Tua Vontade
11 de abril de 2019

“Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados; E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.” (Efésios 5:1-2)

As pessoas gostam muito de afirmar que são filhos de Deus. Independentemente de religião, a maioria se identifica como sendo filhos e filhas de Deus, apesar de vermos claramente que as suas afirmações de acordo com o Evangelho de Jesus Cristo são mentirosas, porque todos nós somos em alguma coisa imitadores dos nossos pais, afinal, existe a herança genética, a hereditariedade, e sempre há alguma coisa, algum traço que é idêntico ao dos nossos pais. Por isso os verdadeiros filhos de Deus são conhecidos pelo seu caráter, pelas suas obras, pela maneira de viver, de se portar. Assim como conhecemos o caráter de Deus pelo seu Evangelho, sabemos que os filhos Dele também têm a obrigação de imitá-lo. Deus é amor, e se somos seus filhos, temos que imitá-lo e temos que ser amor também, temos que amar ao próximo como a nós mesmos, temos que praticar o amor todo o tempo, caso contrário, não somos filhos de Deus. Jesus, que era Deus, nos amou quando não merecíamos nada, a não ser a condenação eterna, e nos amou a tal ponto que entregou a sua vida, morreu em nosso lugar. Se somos seus filhos, temos que ser capazes de nos entregar, entregar as nossas vidas para salvar a vida do nosso próximo. Esse é o único sacrifício que o Senhor aceita de nós: que vivamos na prática do seu Evangelho, do amor, e que amemos ao próximo como a nós mesmos, que sejamos imitadores de Cristo, pois sermos discípulos de Cristo quer dizer sermos seguidores Dele, andarmos nas mesmas pisadas. “Mas a fornicação, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; Nem torpezas, nem parvoíces, nem chocarrices, que não convêm; mas antes, ações de graças.” (Efésios 5:3-4). Sendo imitadores de Cristo, sabemos que não podemos nos envolver em fornicações, que é um dos pecados enquadrados na prostituição, assim como também não podemos ser avarentos, pois a avareza é idolatria. Não podemos estar envolvidos com nada que o Evangelho do Senhor qualifica como pecado, porque estaremos indo contra a natureza Divina de Cristo. Temos que estar sempre vigiando as palavras, o que sai das nossas bocas, pois a nossa linguagem tem que ser diferente; temos que aprender a usar as nossas bocas para agradecer e glorificar o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém) sempre.
“Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é idólatra, tem herança no Reino de Cristo e de Deus.” (Efésios 5:5). Temos que compreender que todos os pecadores estão apartados, separados de Cristo, e a única maneira de nos juntarmos a Ele é procurando imitá-lo, é viver de acordo com os seus preceitos e ordenanças. O pecado não só leva as pessoas para longe de Cristo, como infalivelmente as conduz à morte eterna, assim sabemos que não temos opções, escolhas, que devemos ser imitadores de Cristo. Não existe a menor possibilidade de alguém que vive no pecado ser salvo, porque muitos são os que vivem no engano achando que por orar ou ir a um templo qualquer, ou até mesmo fazer caridade Deus irá desconhecer os seus pecados. Não se pode omitir, esconder os nossos pecados, a única solução é nos arrepender, confessar e abandoná-los. Por isto, se realmente queremos ser conhecidos pelos homens e por Deus como seu filho, devemos procurar ser imitadores Dele, temos que praticar a santidade, temos que romper com os pecados. “Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por estas coisas vem a ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros.” (Efésios 5:6-7). Devemos estar atentos com o que ensinam nos templos denominacionais, com os pregadores modernos, pois são muitos os que pregam salvação sem santificação, estes esmeram em justificar o pecado através de orações, louvores, ou até mesmo com ofertas. Temos que estar atentos ao que eles falam sobre a liberdade que há em Cristo, porque pregam e ensinam contra o próprio Evangelho. Sempre temos que verificar no Evangelho o que estão tentando nos ensinar se está de acordo com a doutrina de Jesus Cristo. Caso contrário, mesmo com a aparência de piedade, de religião, estaremos indo ao encontro da ira de Deus, e, consequentemente, ao padecimento por toda a eternidade sem a menor chance de fugir, porque a única maneira de fugir do castigo, da morte, do sofrimento eterno é sendo imitador de Cristo, é abandonando os pecados, é sendo discípulo de Jesus, sabendo que não é a nossa constância na igreja, nem nossas ofertas ou nossas orações que farão a diferença, mas sim a nossa obediência ao Senhor, é reconhecermos o Senhor como Pai e agirmos como filhos obedientes. “Porque noutro tempo éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz (Porque o fruto do Espírito está em toda a bondade, e justiça e verdade); Aprovando o que é agradável ao Senhor. E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas antes condenai-as. Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe.”(Efésios 5:8-12). Não podemos nos unir, compactuar com pessoas que, mesmo dizendo ser irmãos, crentes, evangélicos, não se preocupam em imitar o Senhor. Não podemos concordar com quem vive no pecado, temos que romper com todo laço do diabo, temos que fugir do pecado. Nossa função é condenar o pecado sempre, pois Deus condena, e somos seus imitadores, assim não aceitamos e não permitimos trevas, porque somos luzes filhos da verdadeira Luz. “Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta. Por isso diz: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá.” (Efésios 5:13-14).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: