Templo Destruido

Tome a sua cruz
15 de abril de 2019
A Fé sem obras é morta.
16 de abril de 2019

“E, quando Jesus ia saindo do templo, aproximaram-se Dele os seus discípulos para lhe mostrarem a estrutura do templo. Jesus, porém, lhes disse: Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada.” (Mateus 24:1-2)

As pessoas se preocupam muito com a estrutura dos templos, e nos últimos tempos, os pastores das grandes denominações estão em uma competição desenfreada, isto porque cada um quer construir o seu templo maior do que o dos outros. Vemos templos sendo construídos para comportar cinco, sete, dez e até trinta mil pessoas, isto fora todas as outras dependências. Alguns parecem mais um shopping, pois têm restaurantes, lanchonetes, livrarias, lojas de souvenir, até academia existe em alguns templos. Mas observamos que falta neles a Palavra de Deus, pois agem como empresas, e a função é arrecadar fundos. Na verdade a função é ganhar dinheiro e mostrar poder. Mas ninguém pode falar que é pastor em um templo desse, porque é impossível um membro, um frequentador receber cuidado de ovelhas em locais como esses onde os pastores não conhecem as ovelhas. É impossível em um templo com dez mil pessoas o pastor conhecer cada uma e os seus problemas, e orientá-las e aconselhá-las, e a obrigação do pastor não é ficar somente no púlpito pregando, mas cuidar das suas ovelhas, por isto é chamado de pastor. Também não há necessidade de luxo nos templos, porque as pessoas passam pouco tempo nele, e sem levar em consideração que vão até lá para receber ensinamentos, para orar, louvar e não para desfrutar de qualquer luxo. Devemos compreender que tudo aqui é passageiro, portanto, devemos nos dedicar a fazer a vontade do Senhor, e não ficarmos preocupados em agradar quem quer que seja. Também não podemos ter a preocupação da denominação, congregação ganhar dinheiro, ter reservas, porque quem mantém é o Senhor, e nossa função é ajudar, socorrer, e não extorquir. Na verdade, nos templos menores, as pessoas recebem maior atenção e cuidado do pastor, além de poderem contar com a orientação daquele que o Senhor levantou para guiar as suas ovelhas. Jesus não ficou impressionado quando vieram mostrar a grandeza do templo para Ele, simplesmente falou que tudo será destruído, e assim será, por isto devemos nos preocupar em fazer, em construir para a vida futura.
“E, estando assentado no Monte das Oliveiras, chegaram-se a Ele os seus discípulos em particular, dizendo: Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?” (Mateus 24:3). Não quero dizer com isto que devemos deixar a congregação, o templo de qualquer maneira, só digo que não deve ser tão grande, mas ter o conforto necessário, e que nele jamais exista qualquer coisa para ser comercializada, pois Jesus não permite nenhum tipo de comércio nos templos. Temos que entender a seriedade desse assunto à luz do Evangelho, algo tão sério que fez com que o Senhor se irasse e fizesse um chicote e expulsasse do pátio exterior todos os que estavam comercializando algo, com a desculpa de que era para as obrigações no templo. Templo, igrejas denominacionais são lugares onde as pessoas vão e ficam poucas horas, portanto, elas precisam não de luxo, mas de orientação, ensinamento, precisam da Palavra de Deus. Vemos que esse assunto incomodou tanto os discípulos que, quando ficaram a sós com Jesus, vieram lhe perguntar novamente. Queriam saber quando tudo aconteceria, quando Jesus voltaria e essas coisas aconteceriam, quando tudo será destruído, porque as coisas materiais serão destruídas. As pessoas acham que templos, congregação, igrejas são lugares santos, mas, na verdade, são somente locais, prédios onde nos reunimos para louvar, exaltar, glorificar (o Nome do Senhor, que é Santo para sempre Amém) para aprendermos mais sobre Ele, para ensinarmos o seu Evangelho. Mas isso não transforma o local em um lugar santo, e quando vier a destruição, as igrejas também serão destruídas, assim como aconteceu em Jerusalém, quando Deus enviou Nabucodonosor, o templo foi destruído. Assim, devemos nos preocupar mais com o templo verdadeiro, que somos nós, devemos nos preocupar em viver segundo os preceitos do Senhor, caso contrário, também seremos destruídos. “E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; Porque muitos virão em meu Nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos. E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim. Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio de dores. Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu Nome. Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão.”(Mateus 24:4-10). Jesus mostrou os sinais que aconteceriam antes da sua volta, antes que tudo aconteça, e observamos que muitos desses sinais já se cumpriram. Os falsos profetas proliferam, o amor de muitos já esfriou, basta ver que as pessoas estão amando mais um cachorro do que a seu próximo. Deveríamos abrir os nossos olhos porque Jesus está às portas, Ele está voltando, portanto, é a última chamada para que venhamos a seu Evangelho, porque depois não existirá mais tempo para arrependimento. Não levaremos uma congregação, mas temos a obrigação de levar os templos do Senhor, que somos nós, assim temos que ser sábios e abrir os nossos olhos e não nos permitir ser enganados pelos falsos profetas, pois esses estão conduzindo o rebanho do Senhor à morte. “E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo. E este Evangelho do Reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.”(Mateus 24:11-14).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: