Meus Filhinhos

Corramos para o alvo
2 de maio de 2019
Vida Plena
3 de maio de 2019

“Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo.” (1 João 2:1)

O apóstolo João sempre teve uma maneira carinhosa, gentil, paternal de se dirigir às pessoas. Vemos que ele sempre as chamava de meus filhinhos, como observamos nesse versículo e também em tantos outros. Faço questão de frisar que esse João é o mesmo que escreveu o Evangelho de João e que é chamado de discípulo amado. João nos lembra que, quando pecamos, se nos arrependermos e pedirmos perdão a Deus em Nome de Jesus Cristo, Ele nos perdoa, como está em sua Palavra, em que diz: “e dos seus pecados não me lembrarei mais, e que o pecado é lançado no mar do esquecimento”. Isto porque hoje Jesus é o nosso Advogado junto a Deus e intercede por nós. Devemos saber que Ele hoje é o Advogado, mas amanhã será o Juízo, portanto, devemos nos arrepender agora, devemos nos acertar neste momento, porque depois poderá ser tarde demais. Devemos procurar evitar sempre o pecado, mas, se pecarmos, temos de ter consciência de que, se nos arrependermos, seremos perdoados. “E Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos de todo o mundo. E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos.” (1 João 2:2-3). Jesus é a propiciação pelos pecados de todo o mundo, a condição de sermos perdoados ou não está em nós, ou seja, se nos arrependermos, se lhe confessarmos e deixarmos de pecar, com certeza Jesus intercederá por nós junto ao Pai e seremos perdoados. Mas devemos conhecer o nosso intercessor, nosso Salvador, e a maneira de demonstrarmos que o conhecemos é pela nossa obediência aos seus preceitos, porque, quando lhe obedecemos, demonstramos o nosso conhecimento de Cristo, uma vez que estamos não só falando como mostrando com as nossas atitudes que o tememos, pois só tememos quem sabemos que existe e é real. Falar que o amam todos falam, mas poucos lhe obedecem, poucos realmente vivem de acordo com as suas ordenanças. Portanto, se queremos demonstrar que o conhecemos, sejamos obedientes a sua Palavra, pois assim sabemos que seremos perdoados quando errarmos, pois todo ser humano erra em algum momento das nossas vidas. Não existe pessoa que não peque, a única que não pecou foi Jesus Cristo; nós somos pecadores, nossa origem é no pecado, mas, quando confessamos e o deixamos, quando obedecemos ao Senhor, somos perdoados.
“Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade.” (1 João 2:4). As pessoas que gostam de afirmar que são do Senhor, que são cristãs, evangélicas, crentes, mas que não vivem na prática do Evangelho são mentirosas e estão simplesmente aumentando pecado sobre pecado, porque a única maneira de demonstrar o nosso amor a Cristo é pela obediência a sua Palavra, e a desobediência demonstra a nossa raiva, ira e o nosso antagonismo a Ele. Portanto, a conversão se inicia com mudança, com transformação, e mudamos o nosso comportamento diante do mundo, e todos observam e percebem. Quem ama Cristo é obediente a sua Palavra, e todo o resto no máximo é somente religioso. Por isso sabemos que não adianta ir a templos denominacionais, orar, rezar, fazer preces, subir a montes, participar de vigílias, campanhas e desafios, se não estiver vivendo em obediência ao Senhor. Não adianta fazer nenhum sacrifício, mesmo porque o Senhor não quer sacrifício nosso, quer tão somente obediência. “Mas qualquer que guarda a sua Palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos Nele. Aquele que diz que está Nele, também deve andar como Ele andou.” (1 João 2:5-6). Quando vivemos em obediência a sua Palavra, temos a certeza de que o Amor Dele está em nós, que somos abençoados e estamos caminhando para vivermos eternamente a seu lado. Assim, sendo pessoas sábias, devemos viver em obediência aos seus preceitos, porque sabemos que, se não vivermos assim, padeceremos por toda a eternidade. Não devemos buscar luxo, conforto nem reinar aqui, devemos sim ser imitadores de Cristo, andar, viver como Ele viveu. Temos que aprender a praticar a humildade, a simplicidade, assim como Ele praticava; temos que ser autênticos discípulos de Cristo. Não podemos ser mentirosos, mesmo porque a mentira é a arma do diabo, ele é que é o pai da mentira, e todos os que fazem uso dela são seus servos. Assim, não podemos afirmar que somos verdadeiros seguidores de Jesus se não estamos praticando a sua Palavra, pois estaremos mentindo. Jesus nos mandou pegar as nossas cruzes e segui-lo, portanto, é o que devemos fazer com alegria e sempre glorificando o seu Nome.“Irmãos, não vos escrevo mandamento novo, mas o mandamento antigo, que desde o princípio tivestes. Este mandamento antigo é a Palavra que desde o princípio ouvistes. Outra vez vos escrevo um mandamento novo, que é verdadeiro Nele e em vós; porque vão passando as trevas, e já a verdadeira luz ilumina.” (1 João 2:7-8). Não é um mandamento novo, não é uma ordenança nova, mas sim o que desde o início Deus pediu, exigiu de nós: obediência, tudo se resume a obediência aos mandamentos do Senhor. Temos que saber que se lhe obedecermos, viveremos, mas se lhe desobedecermos com certeza padeceremos, morreremos em nossos pecados e viveremos apartados do Senhor por toda a eternidade. A escolha é nossa: vida ou morte, obediência ou desobediência, porque somos nós os responsáveis pelas nossas escolhas e pelo nosso futuro. “Aquele que diz que está na luz, e odeia a seu irmão, até agora está em trevas. Aquele que ama a seu irmão está na luz, e nele não há escândalo. Mas aquele que odeia a seu irmão está em trevas, e anda em trevas, e não sabe para onde deva ir; porque as trevas lhe cegaram os olhos. Filhinhos, escrevo-vos, porque pelo seu Nome vos são perdoados os pecados.”(1 João 2:9-12).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: