Antes da páscoa

Tende bom ânimo
8 de maio de 2019
Deixo-lhes a paz
9 de maio de 2019

“Foi, pois, Jesus seis dias antes da páscoa a Betânia, onde estava Lázaro, o que falecera, e a quem ressuscitara dentre os mortos. Fizeram-lhe, pois, ali uma ceia, e Marta servia, e Lázaro era um dos que estavam à mesa com Ele.” (João 12:1-2)

Faltando somente seis dias para se comemorar a páscoa dos judeus, Jesus vai a Betânia, a casa dos seus amigos, pois Ele era amigo de Lázaro, que tinha morrido e depois de quatro dias Jesus o ressuscitara. Então as irmãs Marta e Maria fizeram um jantar para Jesus, e enquanto Marta os servia, Maria, usada por Deus, faz algo que na hora ninguém entendeu, mas só depois do que Jesus disse é que podemos compreender. Quando observamos o Evangelho de Jesus Cristo, vemos que tudo, absolutamente tudo o que o Senhor falou ou fez foi com um propósito definido, e também tudo o que lhe aconteceu ou que Ele viveu, apesar de nós, como seres humanos, a nossa limitação nos impedir muitas vezes de compreender com profundidade, porque como humanos, carnais, deixamos as emoções nos dominar e até mesmo achamos exagero algumas situações. Como terrenos, carnais, achamos que poderia ter sido feito de outra maneira, mas, na verdade, esquecemos que somos criaturas e que Deus é o Criador e tudo sabe, e se discordamos Dele, mostramos a nossa incapacidade de compreendê-lo, portanto, o erro está em nós, e além disso com essa atitude estamos pecando. “Então Maria, tomando um arrátel de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento.” (João 12:3). Maria derrama sobre os pés de Jesus uma vasilha com um perfume extremamente caro e ao mesmo tempo os enxuga com os seus cabelos, e o cheiro do perfume tomou conta de todo o ambiente. Na hora ninguém entendeu, e muitos até criticaram, e isto de forma clara, ou outras somente em pensamento, pois achavam que ela estava fazendo algo exagerado só para querer agradar a Jesus. Mas o que eles não sabiam era que ela estava sendo usada por Deus para ungir Jesus, preparando-o para o seu funeral, para a sua morte, que ocorreria em breve. Com esse gesto, Deus estava usando Maria para revelar que logo o seu Filho, Jesus Cristo, morreria. Nós, muitas vezes, queremos olhar, entender, compreender de maneira lógica, esquecendo que devemos analisar tudo do ponto de vista de Jesus Cristo, do Evangelho.
“Então, um dos seus discípulos, Judas Iscariotes, filho de Simão, o que havia de traí-lo, disse: Por que não se vendeu este unguento por trezentos dinheiros e não se deu aos pobres? Ora, ele disse isto, não pelo cuidado que tivesse dos pobres, mas porque era ladrão e tinha a bolsa, e tirava o que ali se lançava.”(João 12:4-6). Este era um dos discípulos de Jesus, um dos que andavam, viviam com Jesus, era um que já tinha assistido Jesus realizar todos os tipos de milagres, que, inclusive, quando Jesus os enviou para preparar onde Ele iria passar, foi um dos que recebeu poder e operou em Nome de Jesus. Ele era um ladrão, roubava do ministério terreno de Cristo, isto porque Judas Iscariotes era uma espécie de tesoureiro, ele é que tomava conta das ofertas e doações que recebiam. E ele, assim como muitos tesoureiros ou dirigentes de templos, estava roubando. Judas roubava do Senhor e não tinha medo, não tinha temor. Isso nos mostra que ele era um morto espiritualmente, porque as pessoas mortas espiritualmente nada temem, usam o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém) para quaisquer fins. Pessoas que falam com arrogância, que querem discutir com Deus ou que exigem alguma coisa do Senhor, que blasfemam, são todas mortas, ou seja, são os mortos vivos, pois, assim que partirem daqui, irão para a morte eterna. Judas não tinha medo do que poderia lhe acontecer, e prova tal que foi ele que traiu, entregou Jesus, o Filho de Deus. Mas essas pessoas, assim como ele, se disfarçam bem, e se não estivermos atentos, seremos enganados por elas. Ele fala em ajudar os pobres, ele fala que aquele perfume não deveria ter sido derramado sobre os pés do Senhor, mas vendido, e que dessem o dinheiro aos pobres, mas, na verdade, era ele que queria ter ficado com o valor, e assim ter impedido a revelação do Senhor e de ter sido ungido para o dia da sua morte. “Disse, pois, Jesus: Deixai-a; para o dia da minha sepultura guardou isto; Porque os pobres sempre os tendes convosco, mas a mim nem sempre me tendes.” (João 12:7-8). Jesus então revela, afirma que o que aconteceu foi simplesmente a unção para a sua morte, mas, mesmo assim, com certeza, nem todos entenderam ou compreenderam o que o Senhor estava dizendo. Tudo o que aconteceu com Jesus desde o seu nascimento até a sua ascensão aos céus estava revelado pelos profetas, e até mesmo a traição de Judas, mas Ele veio para que a Palavra se cumprisse, portanto, apesar de saber que seria traído por Judas, nada fez para evitar ou fugir da sua missão. Por isso é que a Bíblia nos fala que Jesus venceu, porque foi obediente ao Pai, e obediência até a morte, e morte no madeiro. Devemos procurar sempre ler, meditar na Palavra de Deus, procurar discernir de maneira espiritual, pois, antes de tudo, temos que ser espirituais, e como tal viver em obediência a Cristo. “E muita gente dos judeus soube que Ele estava ali; e foram, não só por causa de Jesus, mas também para ver a Lázaro, a quem ressuscitara dentre os mortos.” (João 12:9).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: