Desconhecidos

Renova as Minhas Forças
13 de maio de 2019
Andar como Jesus
14 de maio de 2019

“Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a Ele.” (1 João 3:1)

Quando falarmos de amor, de Amor de Deus, temos que parar, pensar, analisar calmamente para entendermos realmente o que é o Amor de Deus, porque sempre as pessoas estão falando, citando o amor de Deus, mas sem a mínima compreensão, porque elas estão nos pecados, nas práticas erradas e dizem que Deus as compreende e as perdoa. Elas simplesmente querem viver da maneira como lhes agrada e dizem que o Senhor as irá perdoar, pois Ele é amor. Realmente Ele é Amor, mas exatamente por causa do seu amor é que Ele nos dá a opção de colhermos tudo o que semearmos. Deus é Amor, mas enviou o seu Filho único para vir ao mundo sofrer todo tipo de humilhação e sofrimento e depois morrer por nós, um bando de pecadores. O Amor de Deus é para os filhos, para os que aceitam, entendem e respeitam o sacrifício Dele e do seu Filho. Não podemos esquecer que somos criaturas, feituras Dele, e filhos são somente os que são obedientes a sua Palavra. Quando nos submetemos a Ele e vivemos de acordo com a sua Palavra, quando seguimos Jesus, somos diferentes, e o mundo não aceita a maneira de vivermos, e sempre seremos criticados, perseguidos de várias maneiras, isto porque perseguiram o nosso Mestre. Portanto, temos que compreender que não somos religiosos, mas simplesmente seguidores de Jesus, que foi obediente ao Pai, e assim também devemos ser. “Amados, agora somos filhos de Deus, e ainda não é manifestado o que havemos de ser. Mas sabemos que, quando Ele se manifestar, seremos semelhantes a Ele; porque assim como é o veremos.”(1 João 3:2). Quando vivemos em obediência aos seus preceitos, sabemos que somos não mais criaturas Dele, mas seus filhos, e temos direito à herança em Cristo, pois este é o seu Testamento. Sabemos que Cristo está voltando, que está prestes a retornar para buscar a sua Igreja, que são todos os que o seguem, todos os que vivem de acordo com os seus preceitos. Portanto, tudo fazemos para que, quando Ele retornar, possamos ir ao seu encontro e desfrutar da sua companhia por toda a eternidade. Jesus ressuscitou em um corpo glorificado, e todos nós que formos salvos Nele teremos um corpo semelhante ao Dele. Nossa vida depende do Senhor, ou seja, se concordarmos com Ele, então seremos salvos Nele, e temos que saber que a concordância implica obediência aos seus preceitos.
“E qualquer que Nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também Ele é puro. Qualquer que comete pecado, também comete iniquidade; porque o pecado é iniquidade.” (1 João 3:3-4). Como temos desejos, queremos, lutamos, esmurramos a nossa carne para estar com o Senhor, então temos a Esperança de estar com Ele por toda a eternidade. Portanto, procuramos nos purificar, nos afastar de todos os pecados, de todos os erros, porque sabemos que Ele é Santo e, assim, se quisermos nos aproximar Dele, temos que nos santificar. Devemos orar, meditar na Palavra de Deus, mas o mais importante é nos santificar, procurar sermos puros, assim como Ele é, agirmos sempre em conformidade com a sua Palavra, porque sem a prática constante do Evangelho, da Palavra de Deus, ninguém absolutamente será salvo. Mas todos os que cometem pecados, os que vivem em erros, mesmo que também estejam em constantes orações, não serão salvos, porque Deus não permite sujeira, e todo pecado é sujeira, imundície. Temos que compreender que o principal para nos aproximarmos do Senhor é a santidade, é uma entrega total a Cristo, é viver como Ele. “E bem sabeis que Ele se manifestou para tirar os nossos pecados; e Nele não há pecado. Qualquer que permanece Nele não peca; qualquer que peca não o viu nem o conheceu.” (1 João 3:5-6). Jesus veio ao mundo em carne para nos libertar do pecado, pois anteriormente existia somente a lei, e ela não nos livrava do pecado. Jesus veio e tomou o nosso lugar, nos comprou pagando com o seu precioso Sangue. Ele se fez pecador em nosso lugar, mas é Santo e nos santificou Nele. Assim, todos os que estão em pecado, em erro, em desobediência a sua Palavra, não sabem quem Ele é e não o amam, e mesmo que com os lábios, com a boca digam que o amam, na verdade estão mentindo, porque a única maneira de demonstrarmos o nosso amor por Cristo é pela obediência aos seus mandamentos, e todos os que lhe desobedecem na verdade não o amam, mas o odeiam. Faço questão de insistir que não é a nossa frequência em templos ou em orações que nos tornam filhos de Deus, mas sim a nossa obediência, por isto a necessidade de conhecermos o seu Evangelho para podermos praticar, para podermos viver em obediência a Ele. “Filhinhos, ninguém vos engane. Quem pratica justiça é justo, assim como Ele é justo. Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.” (1 João 3:7-8). Todos os que vivem na prática do pecado, que vivem nos erros, mesmo que estejam frequentando templos, congregações, denominações supostamente evangélicas, mesmo que vivam em constantes orações são filhos do diabo e não de Deus, e por mais que citem o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém) pertencem ao diabo. Não existe meio termo: ou somos do Senhor ou somos do diabo, os obedientes aos preceitos de Jesus são Dele, e todo o resto pertence ao diabo. Jesus veio para desfazer as obras do diabo, veio para libertar os que querem ser livres (não por obrigação), mas os que se recusam ser livres são prisioneiros eternos do diabo. “Qualquer que é nascido de Deus não comete pecado; porque a sua semente permanece Nele; e não pode pecar, porque é nascido de Deus.” (1 João 3:9).
Leiam e pratiquem a Bíblia Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: