Conhecendo a Graça

As Minhas Palavras
22 de maio de 2019
Pela Graça
23 de maio de 2019

“Também, irmãos, vos fazemos conhecer a Graça de Deus dada às igrejas da macedônia; Como em muita prova de tribulação houve abundância do seu gozo, e como a sua profunda pobreza abundou em riquezas da sua generosidade.” (2 Coríntios 8:1-2)

Infelizmente, a maioria dos evangélicos, dos que se identificam como crentes não conhecem o Poder de Deus, e não sabem como a Graça de Deus se manifesta em nossas vidas. Poucos, pouquíssimos sabem realmente o que é a prosperidade bíblica, por tal motivo, são vítimas dos pregadores lobos, dos que se dedicam a pregar e a falar sobre uma prosperidade antibíblica e falsa. Por isso muitas pessoas são vitimizadas por esses lobos disfarçados em cordeiros, pois elas vão a eles, a seus templos com esperança de encontrarem prosperidade, riquezas, e acabam dando o pouco que têm. Isto porque não buscam Deus em primeiro lugar, não buscam ser servos, não leem a Bíblia, para entender e compreender a vontade de Deus para as nossas vidas. Aqui vemos Paulo elogiando irmãos pobres, que não tinham muita condição, mas se propuseram a ajudar, a socorrer os mais pobres. Eles fizeram questão de ofertar para socorrer os que mais necessitavam, ajudar tanto a eles como aos irmãos, os pobres de Jerusalém, e para nenhum deles houve falta, porque estavam recebendo do Maná do Senhor a providência Divina. Deus usou uns irmãos para abençoar outros, isso é o Maná do Senhor. “Porque, segundo o seu poder (o que eu mesmo testifico) e ainda acima do seu poder, deram voluntariamente.” (2 Coríntios 8:3). Temos que compreender o que é a oferta nas igrejas, nos templos denominacionais, porque muitos acham que ofertar é atender a pedidos de pastores, ou dar para receber, buscar multiplicação. Levam ofertas esperando que Deus as multiplique, mas isso não é oferta e sim um negócio, um investimento, e Deus não age assim. Ofertar é a pessoa doar com prazer, não esperando nada em troca. Por esse motivo sempre aconselho as pessoas a orar em casa antes de ir a templos, e de acordo com o que o Espírito Santo colocar em seus corações, que seja essa a oferta que, chegando ao templo, coloquem no Gazofilázio, e pronto. Que a oferta separemos em casa, e não nos deixemos influenciar por pedidos ou promessas de pastores e líderes, porque devemos ofertar para agradar a Deus, e não a pregadores, não podemos esquecer que a oferta tem que ser espontânea e voluntária.
“Pedindo-nos com muitos rogos que aceitássemos a graça e a comunicação deste serviço, que se fazia para com os santos.” (2 Coríntios 8:4). Esses cristãos, apesar da pobreza em que viviam, não só pensaram em ofertar, mas pediram, insistiram para que permitissem que eles também pudessem ofertar, doar, ajudar os irmãos que estavam passando por dificuldades. Portanto, onde existia a pobreza, houve fartura, não somente para os que depois receberam os donativos, as doações, as ofertas, mas, principalmente, para esses que doaram. Observamos que eles fizeram questão, pediram, imploraram para ajudar a socorrer a igreja, que estava passando por necessidades, e não fizeram isso com intenção de receber algo em troca, mas simplesmente de ajudar, de socorrer. Mas os crentes atuais estão ofertando nas igrejas com o objetivo de receberem muito mais do Senhor, acham que é um investimento extremamente rentável, por isso nada recebem, e os pregadores profissionais, os enganadores se aproveitam cada vez mais desses incautos. O Maná do Senhor funciona assim, a prosperidade de Deus não são riquezas ou poderio financeiro, e sim desfrutarmos de condições de sobrevier com dignidade, é uma pessoa que ganha um salário mínimo ter condições de pagar seu aluguel, suas contas estarem em dia e nada lhe faltar, e ainda sobrar e nem ela mesma entender como consegue pagar tudo com o pouco que ganha. Enquanto isso, os que não têm a bênção do Senhor não têm o Maná, ganham vinte vezes mais e vivem em constante aperto, em dívidas, e lhes falta muita coisa, principalmente a paz. Os que têm compromisso com o Senhor sabem que a primeira coisa a fazer, quando recebem, é tirar os dízimos do Senhor, porque sabem que os dez por cento de tudo o que nos vem às mãos pertence a Ele, logo, devemos devolver. Também sempre antes de irmos ao templo devemos orar e consagrar uma oferta a Ele. Não precisamos ter muito para doar, mas devemos sim ofertar de acordo com a vontade do Senhor, nós, inclusive, vimos Jesus elogiando uma viúva que ofertou algumas moedas, e não elogiou quem deu grandes valores. O que o Senhor quer de nós é a nossa fidelidade, nossa honestidade, nosso compromisso com Ele, e não com as coisas do mundo e nem com o mundo, pois, se somos seres espirituais, nosso compromisso é com o Senhor.“E não somente fizeram como nós esperávamos, mas a si mesmos se deram primeiramente ao Senhor, e depois a nós, pela vontade de Deus.” (2 Coríntios 8:5). Esses irmãos não somente doaram, ofertaram como também fizeram questão de ajudar a recolher mais ofertas e donativos para os irmãos que estavam passando por necessidade maiores do que a deles. Temos que compreender que foi o Senhor quem colocou no coração deles ajudar, socorrer. Eles não negaram esse chamado, e, muito pelo contrário, insistiram e tudo fizeram para poderem participar. Temos que aprender com eles e não sermos mesquinhos ou avarentos, e aprender a doar, a ofertar de coração, temos que aprender a ouvir a voz do Senhor, e não rejeitar as suas determinações. “De maneira que exortamos a Tito que, assim como antes tinha começado, assim também acabasse está graça entre vós. Portanto, assim como em tudo abundais em fé, e em palavra, e em ciência, e em toda a diligência, e em vosso amor para conosco, assim também abundeis nesta graça.”(2 Coríntios 8:6-7).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: