Chegada do Reino

Aquele que Nele crê
7 de junho de 2019
O Bom Pastor
10 de junho de 2019

“Dizia-lhes também: Em verdade vos digo que, dos que aqui estão, alguns há que não provarão a morte sem que vejam chegado o Reino de Deus com poder.” (Marcos 9:1)

Muitas pessoas interpretam essa afirmação de Jesus de maneira errada, pois querem entender que o Senhor falou que alguns não morreriam sem antes ver a segunda vinda do Senhor, ou o dia do arrebatamento. Mas, na verdade, o que Jesus está afirmando é que muitos dos que estavam ali não morreriam sem antes assistirem ao Reino de Deus vir com poder. E muitos viram, pois o Reino de Deus veio sobre todos, o Evangelho sendo divulgado pelo mundo todo, os milagres acontecendo, a manifestação do Poder de Deus. Vemos os apóstolos pregando, divulgando o Evangelho por toda parte, esses mesmos discípulos curando todos os tipos de enfermidades no Nome de Jesus, ressuscitando mortos e operando todos os tipos de sinais. Assim, o Poder de Deus se manifesta, e assim todos puderam conhecer o Evangelho, digo conhecer, pois aceitar é outra coisa. O Reino de Deus tornou-se conhecido através dos apóstolos, dos discípulos de Cristo, pois foi por meio deles que o próprio Cristo operou e ainda opera inúmeros milagres. Portanto, o que o Senhor falou aconteceu, pois muitos daqueles que estavam ali viram, presenciaram a chegada do Reino de Deus. E nós, todos os que dizemos conhecer Cristo, temos a obrigação de divulgar o Evangelho, temos o dever de operar sinais em Nome de Jesus, pois assim estaremos apresentando o Reino de Deus, mesmo porque tudo fazemos em Nome de Jesus, e se é no Nome Dele, é Ele próprio quem está operando, nós somos somente instrumentos em suas mãos, claro, se nos permitirmos ser usados por Ele. O Reino de Deus é exatamente a manifestação do Poder de Deus, o que antes era impossível, agora, após a vinda do Senhor, é possível, pois tudo é feito em seu Nome (que é Santo para sempre Amém). Há ainda muitas pessoas que não viram a manifestação do Reino de Deus, porque não quiseram ou por viverem em um lugar onde o Evangelho não foi pregado. Por tal motivo, não podem crer no que não conhecem e nem nunca ouviram. Outros simplesmente se recusam a aceitar a Verdade, se recusam a aceitar o Evangelho e os inúmeros milagres de Cristos, são pessoas que se recusam a enxergar a Verdade. Mas o Reino de Deus já chegou, e todos os que creem podem participar, porque a única exigência é a fé, porque, se temos fé, nos submetemos a Cristo e procuramos agradar-lhe, fazer a sua vontade.
“E seis dias depois Jesus tomou consigo a Pedro, a Tiago, e a João, e os levou sós, em particular, a um alto monte; e transfigurou-se diante deles; E as suas vestes tornaram- se resplandecentes, extremamente brancas como a neve, tais como nenhum lavadeiro sobre a terra as poderia branquear.” (Marcos 9:2-3). Seis dias após Jesus ter dado essa explicação, falado sobre a vinda do Reino, Ele subiu um monte e levou consigo somente três dos seus discípulos para serem testemunhas do que Ele queria mostrar. O objetivo de Jesus era dar ensinamentos, portanto, já estava ensinando, preparando-os para que depois pudessem ensinar, falar o que Ele lhes passou. Então, no monte, Jesus se transformou, transfigurou, mudou a aparência, e as suas roupas ficaram extremamente brancas, limpas e brilhando de maneira que seria impossível alguém conseguir fazer as roupas ficarem daquela maneira. Jesus estava na verdade mostrando o corpo glorificado que Ele teria depois da sua morte. Jesus estava falando de vida, de ressurreição, estava falando da Graça, mostrando que a lei já não mais vigorava, mas sim a Nova Aliança feita no seu Sangue, e todos poderiam viver por toda a eternidade assim como Ele. “E apareceu-lhes Elias, com Moisés, e falavam com Jesus. E Pedro, tomando a palavra, disse a Jesus: Mestre, é bom que estejamos aqui; e façamos três cabanas, uma para ti, outra para Moisés, e outra para Elias. Pois não sabia o que dizia, porque estavam assombrados.” (Marcos 9:4-6). Nesse momento apareceram Moisés e Elias. Naquela época não existiam fotos nem nada, e ambos tinham vivido e falecido havia centenas e centenas de anos, e nenhum dos discípulos de Jesus os conhecia, mas eles o identificaram através do Espírito Santo. Caso contrário, seria impossível Pedro saber de quem se tratava, mas mesmo após o Espírito de Deus ter se revelado a ele, ainda assim pensou de maneira natural, pois se preocupou em fazer cabanas, providenciar acomodações para eles. Mas estavam com medo, não sabiam na verdade o que estava acontecendo e o porquê, porém sabiam que estavam diante do maior profeta da Bíblia e de Moisés, aqueles que falavam com Deus pessoalmente e com Jesus. “E desceu uma nuvem que os cobriu com a sua sombra, e saiu da nuvem uma voz que dizia: Este é o meu filho amado; a ele ouvi.” (Marcos 9:7). Enquanto eles estavam assustados, com medo, Deus Pai se manifestou e lhes falou através de uma nuvem. Temos que observar com bastante cuidado, pois essa revelação é que nos mostra do que estamos espiritualmente falando, porque Moisés representava a lei, Elias representava os profetas, então Deus fala que Jesus Cristo é o seu Filho amado e que é a Ele que devemos ouvir. Quer dizer que não temos que ouvir ou praticar a lei de Moisés nem dos profetas, devemos viver é o Evangelho de Jesus Cristo, quem devemos ouvir é Jesus. Vivemos em Jesus, vivemos na Graça, vivemos por Jesus, portanto, não praticamos a lei de Moisés e nem dos profetas, pois eles vigoraram até João, depois disso temos que nos esforçar para entrar no Reino. Tudo é Jesus, por isto, quando vemos pessoas presas ainda no Velho Testamento, sabemos que não conhecem a Graça, não conhecem Jesus. “E, tendo olhado em redor, ninguém mais viram, senão só Jesus com eles. E, descendo eles do monte, ordenou-lhes que a ninguém contassem o que tinham visto, até que o Filho do homem ressuscitasse dentre os mortos. E eles retiveram o caso entre si, perguntando uns aos outros que seria aquilo, ressuscitar dentre os mortos.”(Marcos 9:8-10).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: