Orando

Exortação a conservar a liberdade cristã
15 de julho de 2019
A excelência da lei do Senhor e a felicidade daquele que a observa
16 de julho de 2019

“E aconteceu que, estando Ele a orar num certo lugar, quando acabou, lhe disse um dos seus discípulos: Senhor, ensina-nos a orar, como também João ensinou aos seus discípulos.” (Lucas 11:1)

Jesus estava orando, como sempre fazia, e após terminar a sua oração, os discípulos se aproximaram e pediram-lhe que lhes ensinasse a orar, porque os discípulos de João Batista tinham sido ensinados. Portanto, sabemos que, apesar de já estarem algum tempo andando com Jesus, fazendo parte do seu Ministério terreno, os discípulos não sabiam orar, ou pelo menos imaginavam que não sabiam. Assim também são as pessoas atualmente, porque são muitas que frequentam templos, denominações, congregações, mas também não sabem orar, e geralmente ficam fazendo as vãs repetições condenadas por Jesus. Muitas vezes as pessoas repetem as mesmas coisas, as mesmas palavras, os mesmos pedidos, são pessoas que sabem orações de cor, que ficam copiando oração de outras pessoas e não colocam as suas palavras, porque não entenderam que oração é um diálogo, uma via de mão dupla, em que falamos com o Pai sempre em Nome de Jesus, e também o ouvimos. “E Ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu Nome; venha o teu Reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu.” (Lucas 11:2). Jesus então lhes dá uma base para que eles possam, a partir dali, fazer as suas orações, mas sempre levando em conta esses princípios básicos. Primeiro reconhecer que Deus Pai está nos Céus, e sempre glorificar o seu Nome, ou seja, sempre iniciar as orações glorificando, exaltando, sabendo que o seu Nome é Santo (para sempre Amém), reconhecendo que Ele é o Senhor. Também clamar para que o Reino de Deus venha sobre nós, para que possamos viver no Reino de Deus e não no reino do mundo ou no reino do diabo. E que a vontade do Senhor seja feita tanto na terra como no Céu, porque o Senhor Reina, Ele comanda todas as coisas, portanto, esperamos que a humanidade se converta e abandone as rebeliões, e que venham todos desfrutar do Reino de Deus. Temos que aprender que não devemos ficar pedindo qualquer bênção, porque o Senhor conhece todas as nossas necessidades, logo, devemos buscar sim o seu Reino, que venha sabendo que todas as demais coisas serão acrescentadas, assim nos preocupemos em santificar e glorificar o seu Nome.
“Dá-nos cada dia o nosso pão cotidiano; E perdoa-nos os nossos pecados, pois também nós perdoamos a qualquer que nos deve, e não nos conduzas à tentação, mas livra-nos do mal.” (Lucas 11:3-4). Não podemos fazer orações pedindo que o Senhor nos dê bens materiais ou outra coisa qualquer, devemos simplesmente pedir que Ele nos sustente todos os dias, porque o Maná do Senhor é real quando nos colocamos em suas mãos. Os hebreus, quando estavam no deserto, durante quarenta anos, foram sustentados pelo Senhor, que lhes enviava o seu Maná e lhes dava água que saía da Rocha, que simbolizava Jesus Cristo, e também cuidava das suas roupas que não estragavam. Assim, da mesma maneira Ele cuida de nós, e todos os dias teremos o que comer, teremos um teto para ficar, teremos o que realmente necessitarmos, para isso sabemos que basta confiar no Senhor e não ficarmos desesperados por coisa alguma. Também sempre devemos pedir perdão ao Senhor pelos nossos pecados. Constantemente estamos pecando de várias maneiras, por isso é essencial que sempre peçamos perdão, sabendo que temos o dever, a obrigação de perdoar a todos, porque, se não perdoarmos as pessoas, também não seremos perdoados por Deus. Nossas orações têm que ser sinceras e honestas, portanto, quando estivermos pedindo perdão a Deus, quando estivermos orando, pedindo perdão, devemos estar dispostos a perdoar todos sem exceção, caso contrário, também não receberemos o perdão de Deus, mesmo porque estamos falando para Ele nos perdoar assim como perdoamos, e se não perdoamos, que o Senhor faça o mesmo conosco. “Disse-lhes também: Qual de vós terá um amigo, e, se for procurá-lo à meia-noite, e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, Pois que um amigo meu chegou a minha casa, vindo de caminho, e não tenho que apresentar-lhe; Se ele, respondendo de dentro, disser: Não me importunes; já está a porta fechada, e os meus filhos estão comigo na cama; não posso levantar-me para tos dar; Digo-vos que, ainda que não se levante a dar-lhos, por ser seu amigo, levantar-se-á, todavia, por causa da sua importunação, e lhe dará tudo o que houver mister.”(Lucas 11:5-8). Jesus rapidamente conta uma parábola, um exemplo para que eles possam entender o que é uma oração a Deus. No mundo as pessoas precisam muitas vezes ser importunadas; há casos em que se tem que ser cansativo, repetitivo para se conseguir o que se deseja. No mundo se faz uso das vãs repetições, mas com o Senhor nosso Deus, que é Pai, não precisamos, porque logo Ele sabe o que necessitamos e atende os nossos pedidos quando são feitos de acordo com a sua Palavra. “E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á; porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á. (Lucas 11:9-10).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

Auxiliamos vidas e famílias na restauração
dos seus lares pela Palavra do Senhor!

Conheça nosso ministério!
Fale conosco: 4020-9729 ou 0800 042 0257
WhatsApp: (32) 98425-9375
Inscreva-se no nosso canal: https://goo.gl/SCgUhA
Devocional diário, testemunhos e muito mais…

#casamento #familia #restauracao #projetodeDeus #divorcio #recasamento
#PalavradeDeus #filhos #lar #separacao #aconselhamento #auxiliopastoral

%d blogueiros gostam disto: