Determinado

Alegrai-vos
19 de agosto de 2019
Jamais te desampararei
20 de agosto de 2019

“Porque já Paulo tinha determinado passar ao largo de Éfeso, para não gastar tempo na Ásia. Apressava-se, pois, para estar, se lhe fosse possível, em Jerusalém no dia de Pentecostes.” (Atos 20:16)

O apóstolo Paulo foi um dos maiores seguidores de Cristo. Apesar de não ter andado com Jesus, de não ter participado do seu Ministério terreno, de não ter convivido com Jesus antes da sua morte – mesmo porque naquela época ele era um perseguidor dos cristãos -, quando se converteu, transformou-se em um dos mais fiéis seguidores; se não o mais, talvez tão fiel quanto os que andaram e conviveram com Cristo. Veremos nessa meditação que esse apóstolo, sabendo tudo o que viria acontecer em sua vida no futuro, ele não se desviou, seguiu em frente, mesmo tendo conhecimento de que iria sofrer, apanhar, ser preso e que seria executado. Paulo não queria perder tempo, estava com pressa, queria passar o dia de pentecostes em Jerusalém, e sabemos que pentecostes é uma festa judaica, e esse abnegado servo e seguidor de Jesus queria estar em Jerusalém nos dias de festa. Assim, ele preferiu não entrar em Éfeso, pois não queria ficar retido ou demorar na Ásia. Veremos mais à frente que Paulo sabia o que iria ocorrer, e mesmo assim ele seguiu em frente e com pressa. Assim como Jesus, ele sabia tudo o que iria lhe acontecer, mas mesmo assim Ele continuou firme até a prisão, espancamento e crucificação e morte. “E de Mileto mandou a Éfeso, a chamar os anciãos da igreja. E, logo que chegaram junto dele, disse-lhes: Vós bem sabeis, desde o primeiro dia em que entrei na Ásia, como em todo esse tempo me portei no meio de vós, servindo ao Senhor com toda a humildade, e com muitas lágrimas e tentações, que pelas ciladas dos judeus me sobrevieram; Como nada, que útil seja, deixei de vos anunciar, e ensinar publicamente e pelas casas, Testificando, tanto aos judeus como aos gregos, a conversão a Deus, e a fé em nosso Senhor Jesus Cristo.”(Atos 20:17-21). Paulo manda chamar os anciãos, os responsáveis pela igreja em Éfeso, e se despede deles, apresenta o seu relatório, mostrando que o tempo que esteve com eles foi somente para pregar e ensinar o Evangelho de Jesus Cristo, e que não tirou vantagens deles. Fala das dificuldades que enfrentou, dos sofrimentos e das perseguições, mas deixa bem claro – e eles não poderiam contestar – que ele esteve somente ensinando a respeito de Jesus Cristo, o Filho de Deus.
“E agora, eis que, ligado eu pelo Espírito, vou para Jerusalém, não sabendo o que lá me há de acontecer, Senão o que o Espírito Santo de cidade em cidade me revela, dizendo que me esperam prisões e tribulações.” (Atos 20:22-23). Nessa despedida, ele sabia que não mais voltaria a ver aquelas pessoas, que não mais voltaria àquela igreja e àquela cidade, porque o Espírito Santo já tinha lhe revelado. Paulo ainda lhes afirma que está indo para Jerusalém, que não sabe exatamente o que lhe aguarda, mas sabe que as coisas aconteceriam com ele lá daquela vez, porque o Espírito Santo já lhe tinha mostrado que lhe aguardavam prisões e tribulações. Paulo sabia que essas coisas iriam lhe acontecer, não sabia exatamente como seria, mas sabia que passaria por prisões e sofrimento. Mas mesmo assim ele estava firme no seu propósito de ser obediente ao Senhor, de ser obediente ao Espírito Santo. “Mas de nada faço questão, nem tenho a minha vida por preciosa, contanto que cumpra com alegria a minha carreira, e o ministério que recebi do Senhor Jesus, para dar testemunho do Evangelho da Graça de Deus.” (Atos 20:24).Paulo não somente pregava, ele nos ensinava como deveremos proceder. Ele foi exemplo, porque, como acabou de afirmar, ele não estava preocupado com a sua vida ou seu bem-estar, estava preocupado em fazer a vontade de Deus. A sua preocupação era que a Palavra de Deus se cumprisse em sua vida, e mesmo que tivesse de sofrer, ser preso, ou morrer por causa do Evangelho, ele iria seguir, e foi de bom grado. Paulo sabia que como prisioneiro testemunharia para as autoridades, falaria do amor de Deus, e ele fez isso, pois, todas as vezes em que foi convocado para depor, ele simplesmente testemunhava o que Deus fizera em sua vida. Não veremos em nenhum momento Paulo, depois de preso, clamar por misericórdias ou ficar alegando inocência, ele sempre estava falando do Poder de Deus e relatando como Jesus o chamou. Paulo não estava preocupado se iria perder ou não a sua vida, ele estava preocupado em cumprir a missão que o Senhor tinha lhe dado. Essa é a diferença entre um verdadeiro homem de Deus, um servo, um seguidor de Jesus, pois estava comprometido com o Evangelho, em fazer a vontade do Senhor, ao contrário dos pregadores modernos, dos crentes dessa geração, que estão preocupados em fazer a vontade própria, que querem sempre o melhor para eles, que não aceitam passar por lutas, por sofrimento, que qualquer coisa que acontece falam que é obra do diabo. As pessoas atualmente não se preocupam em fazer a vontade do Senhor, mas querem que o Senhor faça todas as suas vontades, elas é que são o centro. A bem da verdade, os crentes, os evangélicos dessa geração precisam se converter. “E agora, na verdade, sei que todos vós, por quem passei pregando o Reino de Deus, não vereis mais o meu rosto. Portanto, no dia de hoje, vos protesto que estou limpo do sangue de todos. Porque nunca deixei de vos anunciar todo o conselho de Deus. Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.” (Atos 20:25-28).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: