Nuvem de testemunhas

Agradáveis ao SENHOR
7 de outubro de 2019
Caminhai em paz
8 de outubro de 2019

“Portanto nós também, pois que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo o embaraço, e o pecado que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta, olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do Trono de Deus.” (Hebreus 12:1-2)

Quando olhamos para a nossa Bíblia, quando meditamos em tudo o que ali está escrito, tantos testemunhos, percebemos que somos pessoas privilegiadas, principalmente ao meditarmos no Evangelho, no Novo Testamento, então temos certeza de que a maioria dos evangelhos pregados por supostos pastores não são o Evangelho de Jesus Cristo. Quando olhamos tudo o que Jesus fez e como viveu, sabemos que, como seus seguidores, iremos passar por lutas e grandes batalhas, mas, se perseverarmos, com certeza sairemos vencedores, e a vitória de que eu falo é a que Jesus nos promete: a salvação Nele. Assim, quando nos deparamos com lutas, com dificuldades, não lamentamos, mas, ao contrário, nos alegramos, porque nosso Mestre sofreu muito mais e de nada reclamou. Jesus não tinha pecados, e se fez pecador em nosso lugar, mas Ele sabia a recompensa que lhe aguardava, e por isto não titubeou, manteve-se firme até o final. Nós também ficamos sabendo que não podemos nos prender a qualquer situação adversa por que passamos, não perdermos nosso tempo lamentando, mas, ao contrário, aprendermos com a Palavra de Deus que devemos ter prazer nas lutas, nas batalhas, porque sabemos que, quando todos imaginam que estamos fracos por estarmos passando por lutas, na verdade estamos fortes, pois seguimos Jesus e sabemos que encontraremos Nele a nossa vitória. Temos tantos testemunhos, conhecemos as Escrituras, sabemos que aqui não é o Paraíso, aqui não é o nosso lugar de descanso, por isto é normal e esperado passarmos por lutas, porque o nosso Mestre passou por muito mais do que nós, e Ele não tinha cometido nenhum pecado, muito pelo contrário, nós que somos pecadores e errantes, e só estamos vivos graças à Misericórdia do Senhor.
“Considerai, pois, aquele que suportou tais contradições dos pecadores contra si mesmo, para que não enfraqueçais, desfalecendo em vossos ânimos.” (Hebreus 12:3). Temos que deixar de sermos religiosos e de ficarmos orando, rezando ou fazendo preces, pedindo coisas a Deus, pedindo bênçãos, pedindo prosperidade, e ao contrário aprendermos a dizer: seja feita a sua vontade. Devemos meditar muito e sempre no Evangelho, em Jesus Cristo, temos que aprender a buscar e conhecer quem é o Senhor, para que possamos segui-lo, porque Ele determinou que nós tomássemos as nossas cruzes e o seguíssemos. Mas, para segui-lo, é necessário o conhecermos. Muitas pessoas falam que conhecem Cristo, porém, na verdade, não o conhecem e nunca o viram, e também jamais o seguiram, pois, se assim fosse, não estariam em templos pedindo, clamando e falando contra Ele. Não importa o tamanho das lutas que nos sobrevenham, não importa o quanto estamos sofrendo, devemos perseverar, insistir, porque Jesus sofreu muito mais por cada um de nós. “Ainda não resististes até ao sangue, combatendo contra o pecado.” (Hebreus 12:4). Temos que ser adultos espiritualmente, caso contrário, não herdaremos o Reino de Deus, porque lá não existe lugar para os fracos e meninos na fé. Portanto, vamos mudar as nossas orações, parar de ficarmos pedindo coisas materiais, porque o Senhor não tem compromisso com nada disso. Não devemos ficar buscando o Senhor por qualquer coisa que Ele possa nos dar neste momento. Temos de saber que a nossa vitória é a vida eterna, e não bênçãos aqui. Temos que compreender que o Senhor nos ensina, nos corrige e capacita; às vezes reclamamos dos nossos desertos, mas devemos compreender que muitas vezes, ou na maior parte das vezes, quem nos leva ao deserto, nos conduz para lá é o Senhor. “E já vos esquecestes da exortação que argumenta convosco como filhos: Filho meu, não desprezes a correção do Senhor, E não desmaies quando por Ele fores repreendido; Porque o Senhor corrige o que ama, E açoita a qualquer que recebe por filho.” (Hebreus 12:5-6). Quando estamos sendo capacitados por Deus, sofremos na nossa carne, e não somente nós. Não podemos esquecer que Deus Pai, através do seu Espírito, conduziu Jesus ao deserto antes de Ele iniciar o seu Ministério terreno, e Deus Pai não o fez isso para punir Jesus, mas por amor, para capacitá-lo, e Ele saiu do deserto vencedor. Mas nós, como pecadores contumazes, muitas vezes o Pai nos conduz ao deserto para nos corrigir, e isto Ele faz por amor. Por isso sabemos que não devemos reclamar, mas simplesmente agradecer e aprender a dar glórias em tudo. “Se suportais a correção, Deus vos trata como filhos; porque, que filho há a quem o pai não corrija? Mas, se estais sem disciplina, da qual todos são feitos participantes, sois então bastardos, e não filhos. Além do que, tivemos nossos pais segundo a carne, para nos corrigirem, e nós os reverenciamos; não nos sujeitaremos muito mais ao Pai dos espíritos, para vivermos? Porque aqueles, na verdade, por um pouco de tempo, nos corrigiam como bem lhes parecia; mas este, para nosso proveito, para sermos participantes da sua santidade.”(Hebreus 12:7-10).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: