Fortifica-te na Graça

Deus age
4 de novembro de 2019
O bom Pastor
5 de novembro de 2019

“Tu, pois, meu filho, fortifica-te na Graça que há em Cristo Jesus. E o que de mim, entre muitas testemunhas, ouviste, confia-o a homens fiéis, que sejam idôneos para também ensinarem os outros.” (2 Timóteo 2:1-2)

Nesta segunda carta de Paulo a Timóteo, ele o alerta para que continue se fortalecendo na Graça de Cristo, para que ele possa agir em conformidade com o Evangelho e ser capacitado para executar a missão que lhe foi confiada. Devemos saber que todos nós, cristãos, estamos em missão para o Reino, temos um trabalho a fazer e não ficarmos somente quietos e calados, tudo o que aprendermos do Evangelho temos que passar para a frente. E não somente isto, devemos também ensinar outras pessoas a compreender a sua missão, assim elas também estarão divulgando a mensagem da cruz, levando a Palavra de Jesus Cristo cada vez mais longe. O apóstolo Paulo ainda recomenda escolher homens bons, honestos diante do Senhor, para que possam ser instruídos a divulgar a mensagem de Jesus Cristo, assim como Timóteo tinha ouvido e aprendido de Paulo. Devemos procurar homens sérios e justos, sempre transmitir-lhes a mensagem de Jesus, e ensinar-lhes a fazerem o mesmo, porque temos a obrigação de preparar homens para a batalha de levar a mensagem de Cristo a toda parte. Volto a insistir: não é machismo, mas a Palavra fala para prepararmos homens para essa batalha, e não mulheres. Portanto, para o ministério de pregação, as mulheres estão excluídas, e essa exclusão quem fez não fomos nós, homens, mas o Senhor. Não quero dizer com isso que as mulheres não possam aprender o Evangelho, muito pelo contrário, devem buscar cada vez mais aprender e compreender o Evangelho de Jesus Cristo, elas só não podem exercer o ministério de pregação do Evangelho, ou seja, não podem ser pastoras, como muitas se intitulam. “Tu, pois, sofre as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.” (2 Timóteo 2:3). Temos que saber e ensinar, orientar as pessoas que o Evangelho não promete conforto ou luxo aqui, e sim o contrário, lutas, perseguições e dores. Digo praticar o verdadeiro Evangelho de Jesus Cristo, não estou falando do que se divulga por aí, em que pregadores falam de prosperidade e bênçãos sem fim. Esses sabemos que não ensinam e nem vivem o Evangelho de Jesus Cristo.
“Ninguém que milita se embaraça com negócios desta vida, a fim de agradar àquele que o alistou para a guerra.” (2 Timóteo 2:4). Temos que saber separar as coisas, porque fomos separados e chamados para viver o Evangelho, viver do Evangelho, ensinar o Evangelho, portanto, não nos envolvemos com problemas do mundo. Não podemos ficar fazendo barganhas, vendas, campanhas e desafios em nossos templos para arrecadar fundos, não podemos criar shows, eventos, festas para atrair as pessoas, não podemos cobrar por nada, devemos simplesmente falar de Jesus Cristo, temos que apresentar o Caminho para a salvação. Sabemos que os verdadeiros discípulos de Jesus, os pregadores da Palavra de Deus não podem se envolver com política, ou com negócios, empresas, eles têm que viver exclusivamente do Evangelho, digo viver e não procurar enriquecer, pois quem é discípulo de Jesus não tem a preocupação de juntar riquezas aqui onde a traça e a ferrugem tudo consomem. “E, se alguém também milita, não é coroado se não militar legitimamente. O lavrador que trabalha deve ser o primeiro a gozar dos frutos. Considera o que digo, e o Senhor te dê entendimento em tudo.”(2 Timóteo 2:5-7). Só conseguiremos alcançar a nossa vitória em Cristo se lutarmos, militarmos, combatermos de maneira legítima, de acordo com a Palavra de Deus, caso contrário, teremos lutado em vão. Por esse motivo sabemos que não podemos tentar usar o Evangelho para outros fins a não ser conduzir as pessoas a Cristo. Como disse anteriormente, o servo de Cristo, o discípulo de Jesus vive do Evangelho, isto quer dizer que é alimentado e cuidado pelo Senhor, mas não enriquecer, não ganhar dinheiro, somente viver até o dia em que for ao encontro do Senhor. Por isso, quando vemos pessoas que se identificam como pastores, mas que fazem questão de estarem envolvidas em política, empresas, e outras coisas mais, sabemos que realmente não estão a serviço do Reino, mas do mundo e de si próprias. Nós somos soldados de Cristo, estamos a serviço do Reino, por isto não podemos em hipótese alguma estar envolvidos com as coisas do mundo. Sabemos que aqui enfrentamos lutas e combates, afinal, isto é normal e esperado, mesmo porque somos chamados soldados de Cristo, e a função do soldado é lutar, por isto não devemos reclamar nem esmorecer, mas continuar o nosso combate até o grande dia em que o Senhor nos chamar para irmos ao seu encontro. “Lembra-te de que Jesus Cristo, que é da descendência de Davi, ressuscitou dentre os mortos, segundo o meu evangelho; Por isso sofro trabalhos e até prisões, como um malfeitor; mas a Palavra de Deus não está presa. Portanto, tudo sofro por amor dos escolhidos, para que também eles alcancem a salvação que está em Cristo Jesus com glória eterna.” (2 Timóteo 2:8-10).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: