Se alegrando

Peça-a a Deus
8 de novembro de 2019
Jesus de Nazaré
11 de novembro de 2019

“Resta, irmãos meus, que vos regozijeis no Senhor. Não me aborreço de escrever-vos as mesmas coisas, e é segurança para vós.” (Filipenses 3:1)

O apóstolo Paulo, escrevendo para a igreja, para o povo de Filipos, diz que eles devem se regozijar no Senhor, devem se alegrar, se animar no Senhor. Esse deve ser o comportamento de todos os cristãos: se alegrarem sempre no Senhor, independentemente de lutas ou batalhas que estiverem travando, porque as nossas momentâneas tribulações não podem em hipótese alguma tirar a nossa alegria de estar no Senhor, não podem nos tornar pessoas tristes ou chateadas, ao contrário, temos de saber que o Senhor está no comando de todas as coisas. Portanto, se estamos passando por alguma dificuldade ou luta, é porque Ele permite, então nos gloriemos Nele, porque sabemos que elas servirão para o nosso aperfeiçoamento, para nossa correção, e isto acontece porque estamos recebendo o seu amor. Sabemos das lutas pelas quais Jesus passou, e Ele estava recebendo não era a ira do Pai, mas, ao contrário, estava recebendo muito amor de Deus. Vemos que esse assunto de procurar nos alegrar no Senhor é tão sério que Paulo fala que não se aborrece de escrever as mesmas coisas sempre, pois é para alertá-los, para que eles sempre continuem perseverando em se alegrar no Senhor. Assim, sabemos que devemos parar de reclamar, não sermos resmungões, ficarmos emburrados. Devemos aprender a glorificar sempre o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém) e sermos pessoas alegres em Jesus. “Guardai-vos dos cães, guardai-vos dos maus obreiros, guardai-vos da circuncisão; Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne.” (Filipenses 3:2-3). Olha que Paulo trata esse assunto com tanta seriedade que chega ao ponto de chamar, de qualificar os falsos obreiros, os falsos pastores, os falsos mestres de cães, esses que pregam um evangelho diferente, que concordam com a tristeza, que acham que, por alguém estar enfrentando uma luta, deve ficar chorando, se lamentando para as pessoas e para Deus, pois elas esquecem que o Senhor sabe todas as coisas. A bem da verdade, sabemos que todos os que ensinam um evangelho diferente do que é exposto em nossas Bíblias, do que está claro e revelado no Novo Testamento, são cães, porque estão no engano, ou levando pessoas ao engano por outro interesse, e com certeza o prêmio que receberão será a condenação eterna.
“Ainda que também podia confiar na carne; se algum outro cuida que pode confiar na carne, ainda mais eu: Circuncidado ao oitavo dia, da linhagem de Israel, da tribo de Benjamim, hebreu de hebreus; segundo a lei, fui fariseu; Segundo o zelo, perseguidor da igreja, segundo a justiça que há na lei, irrepreensível.”(Filipenses 3:4-6). Esses que se dizem mestres e conhecedores do segredo de Deus, que trazem ensinamentos heréticos, que falam o que o Senhor não falou, esses cães fazem isso, ou agem exatamente assim por confiarem na carne. Essas pessoas que confiam nos seus conhecimentos, na sua lógica, geralmente estudaram teologia e se acham muitos sabidas, e não perceberam que o Evangelho de Jesus Cristo é simples, que devemos simplesmente ouvir o Senhor, que fala pela sua Palavra, que nos revela a sua verdade. Quando nos dedicamos a conhecê-lo, nós nos aprofundamos mais em meditar em seu Evangelho e assim aprendemos e conhecemos mais Dele, para podermos transmitir a Palavra para as demais pessoas. Paulo fala isso e mostra, pois Ele também estudou, foi aluno de um dos maiores mestres na época, que foi Gamaliel, e com isto ele só aprendeu sobre religião, prova tal que era um perseguidor da igreja, perseguia Jesus. Paulo tinha tudo para ser e era um grande e conhecido religioso, zeloso da sua religião. Achava que estava fazendo o certo, que estava agradando Deus, ele era, digamos, um nascido em berço religioso, mas não conhecia Jesus. No dia em que o Senhor apareceu para ele ali, a caminho de Damasco, foi que ele veio a conhecer quem era Cristo e se converteu, rendeu-se ao Senhor e veio a ser um dos maiores pregadores do Evangelho. “Mas o que para mim era ganho reputei-o perda por Cristo. E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas, e as considero como escória, para que possa ganhar a Cristo.” (Filipenses 3:7-8). Todo o conhecimento, toda a sabedoria que ele tinha aprendido através de ensinadores humanos, agora que conheceu Jesus, que se tornou um verdadeiro servo do Senhor, ele rejeita tudo aquilo, pois o que ele buscava era somente agradar a Cristo. Tudo o que ele tinha ou sabia, nada mais lhe interessava, a não ser fazer a vontade do Senhor, e vemos que Deus o dotou de grande sabedoria, prova tal que ele foi um dos maiores escritores do Novo Testamento. Paulo foi usado por Cristo para escrever a maior parte do Novo Testamento, e olha que estamos falando daquele que foi o perseguidor da igreja de Cristo. Assim devemos ser, ir para Cristo e abandonarmos tudo o que sabemos, rejeitarmos o conhecimento do mundo e procurarmos viver em Cristo. “E seja achado Nele, não tendo a minha justiça que vem da lei, mas a que vem pela fé em Cristo, a saber, a justiça que vem de Deus pela fé; Para conhecê-lo, e à virtude da sua ressurreição, e à comunicação de suas aflições, sendo feito conforme à sua morte; Para ver se de alguma maneira posso chegar à ressurreição dentre os mortos.”(Filipenses 3:9-11).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: