Proteção e cuidado

Não se esconda!
20 de novembro de 2019
Vivemos em Espírito
21 de novembro de 2019

“E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém, Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.” (Mateus 2:1-2)

Quando Jesus nasceu em Belém de Judeia, quem governava ali era o rei Herodes, que foi um dos primeiros perseguidores de Jesus. Assim como tinha sido profetizado, revelado pelos profetas, estava registrado nas Escrituras todo o nascimento do Messias, desde onde Ele viria até a sua morte. Assim, os que buscavam conhecer e saber mais sobre o futuro, os estudiosos da época, digamos os cientistas, compreenderam, e como eram conhecidos como magos, sabiam disso e foram até Belém porque tinham visto o sinal, viram a estrela que o profeta já tinha dito que apontaria para onde Jesus estivesse. Os profetas falavam em rei dos judeus porque as Escrituras falavam sim em Rei dos Judeus, mas não um rei físico, e sim o único rei espiritual. A maioria dos judeus esperava um rei físico que pudesse libertar Judá, Israel, da opressão dos adversários, assim como no passado, quando o Senhor enviava juízes para os libertar. Eles não entendiam que agora o Libertador vinha para os libertar espiritualmente, libertá-los do jugo do pecado. Por isso a classe política estava preocupada. Os magos chegaram questionando sobre onde Jesus estava, pois eles imaginavam que os judeus, o rei, a sua corte saberiam onde Ele estava, pois eles queriam ir até onde pudessem adorar o menino Jesus. “E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalém com ele. E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo.” (Mateus 2:3-4). O rei Herodes, ouvindo isso, logo ficou preocupado, ficou com medo de perder seu trono, perder o seu reinado, ser usurpado, e assim tem início uma investigação para se saber onde Jesus haveria de nascer. O rei Herodes, querendo saber onde estava o menino Jesus, interroga os seus sábios, os supostos conhecedores das Escrituras, para que pudessem lhe dizer onde o menino deveria nascer. Vemos que Jesus já nasceu sendo atacado e perseguido pelo mundo, já nasceu sendo odiado pelos que são do mundo. E os que se dizem crentes não aceitam perseguições nem afronta, pois por qualquer coisinha já começam a reclamar e se acham injustiçados.
“E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia; porque assim está escrito pelo profeta: E tu, Belém, terra de Judá, de modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá; porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo Israel.” (Mateus 2:5-6). Então os sábios, os estudiosos a serviço do rei, o informam que as Escrituras, mais precisamente os livros dos profetas, diziam claramente que seria ali em Belém da Judeia, e citam o versículo para o monarca. Essa resposta, essa informação deixou o rei ainda mais preocupado, temeroso, pois se sentiu ameaçado, e logo traçou planos para eliminar Jesus. Veja que esse rei, para se manter no trono, queria eliminar uma criança recém-nascida, pois para ele nada importava, o que desejava era se manter no trono. Jesus tinha acabado de nascer e já havia um rei articulando como eliminá-lo, e durante toda a sua vida, em todo o seu Ministério, vimos que Jesus foi perseguido. Mas nós, que dizemos ser seguidores Dele, vivemos a reclamar quando qualquer coisa não acontece de acordo com a nossa vontade. Quando não conseguimos alcançar o que desejamos, quando algo dá errado, reclamamos, fazemos orações de questionamento, pois entendemos que, se somos cristãos, não podemos sofrer. Isto porque as denominações, os pastores atuais pregam essa mentira de que os cristãos têm que desfrutar de vitórias inúmeras e não podem passar por lutas. “Então Herodes, chamando secretamente os magos, inquiriu exatamente deles acerca do tempo em que a estrela lhes aparecera. E, enviando-os a Belém, disse: Ide, e perguntai diligentemente pelo menino e, quando o achardes, participai-mo, para que também eu vá e o adore.” (Mateus 2:7-8). O rei Herodes, de posse dessa informação, procura saber exatamente quando foi que a estrela apareceu, quando esses magos a viram. Depois de ser informado, manda que eles procurem saber exatamente onde nasceu, onde está o menino, e quando o localizassem, que voltassem a ele e lhe dessem a informação para que supostamente ele fosse também adorá-lo. Na verdade, a intenção desse rei mau era saber a localização do menino para matá-lo. Todos os que estão a serviço do mundo, a serviço do inferno, são mentirosos, são pessoas que, quando analisamos à luz do Evangelho, sabemos que devemos evitá-las. Basta observar que sabemos que esse monarca era um mentiroso, e sabemos que o pai da mentira é o diabo. “E, tendo eles ouvido o rei, partiram; e eis que a estrela, que tinham visto no oriente, ia adiante deles, até que, chegando, se deteve sobre o lugar onde estava o menino. E, vendo eles a estrela, regozijaram-se muito com grande alegria.” (Mateus 2:9-10). Os magos, seguindo a estrela, os sinais, conseguiram chegar até Jesus, acharam o lugar onde o menino Jesus estava. Ficaram muito alegres e adoraram Jesus – foram os primeiros a adorar Jesus Cristo. “E, entrando na casa, acharam o menino com Maria sua mãe e, prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, ofertaram-lhe dádivas: ouro, incenso e mirra. E, sendo por divina revelação avisados num sonho para que não voltassem para junto de Herodes, partiram para a sua terra por outro caminho.”(Mateus 2:11-12).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: