Liberdade

Junto ao lago
27 de novembro de 2019
Exortação à firmeza
28 de novembro de 2019

“Estai, pois, firmes na liberdade com que Cristo nos libertou, e não torneis a colocar-vos debaixo do jugo da servidão.” (Gálatas 5:1)

Se estamos conscientes de que vivemos na Graça, de que vivemos em Jesus Cristo, então não nos permitimos viver em prisões de qualquer espécie. São muitos os que se dizem cristãos, mas se deixam influenciar por ensinos e pregações heréticas e acabam sendo simplesmente praticantes de rituais. Temos que aceitar Jesus sabendo que Ele nos libertou do jugo do pecado e da religião, e vivermos essa liberdade Nele, assim não mais nos colocamos sob nenhuma espécie de jugo. Mas, infelizmente, são muitos os que, buscando atender à vontade da sua carne, procuram templos, pregadores e até mesmo um deus que não é o nosso Deus, pois querem um deus que possam apertá-lo, que possam dele exigir, determinar, subornar, comprar, barganhar e mandar, um deus que possa obedecer-lhes e fazer as suas vontades, assim como os católicos e os praticantes de outras religiões, que têm um tal de santo Antônio, para o qual fazem um pedido para se casar, e não conseguindo, pegam a imagem do santo e lhe dão uma surra, colocam ele de cabeça para baixo e o castigam. Muitos crentes sofrem ainda um jugo pesado, sob o qual eles mesmo se puseram, isto porque querem voltar à antiga lei. Escolhem os versículos que podem ajudá-los a facilitar as suas vidas, os que falam em bênçãos, que os deixam em uma situação confortável e querem que se cumpram em suas vidas. É claro que não aceitam nem mesmo citar os rigores da antiga lei, não querem os castigos, as punições, querem somente bênçãos. Mas esquecem que aquelas bênçãos ali citadas não são para eles, porque vivemos em Cristo e Nele temos liberdade, e Ele mesmo é a nossa Promessa, e nenhuma promessa da antiga lei nos pertence. “Eis que eu, Paulo, vos digo que, se vos deixardes circuncidar, Cristo de nada vos aproveitará. E de novo protesto a todo o homem, que se deixa circuncidar, que está obrigado a guardar toda a lei.”(Gálatas 5:2-3). Paulo falava, cobrava, explicava que não poderiam mais se submeter à circuncisão, pois aquilo era um preceito da lei. A circuncisão que Jesus aceita é a do coração. Também nós alertamos a todos porque não podem aceitar participar, se envolver em campanhas, em sacrifícios e outras coisas, tais como fogueiras santas, porque não são para o Senhor, e Ele não aceita. Não podemos voltar atrás, não podemos querer viver e praticar a antiga lei, porque ela se cumpriu em Jesus, e hoje vivemos Nele, por isso, todos os que querem as bênçãos do Antigo Testamento têm que aceitar também as maldições.
“Separados estais de Cristo, vós os que vos justificais pela lei; da Graça tendes caído. Porque nós pelo Espírito da fé aguardamos a esperança da justiça.” (Gálatas 5:4-5). Todos os que querem viver, praticar antigos preceitos da lei estão longe de Cristo, estão negando a Graça, porque se buscam as suas bênçãos, seu socorro na lei, é porque não creem em Jesus, não confiam Nele. Temos que entender que a Palavra fala que quem não cumprir a lei por inteiro está debaixo de maldição. Assim, todas as pessoas que tentam praticá-la, que buscam as suas bênçãos no Antigo Testamento estão sob a maldição, porque a Palavra é clara: a lei e os profetas vigoraram até a vinda de Jesus. A partir daí vivemos na Graça, em Jesus, e temos que nos esforçar, fazer força para entrarmos no Reino. Todas as pessoas que precisam do Antigo Testamento para se explicar, se justificar, sabemos que estão longe de Cristo, portanto, não o conheceram ou não sabem quem Ele é. Nós vivemos pela fé em Cristo, cremos em sua Palavra e procuramos praticar somente o que Ele determina, e não olhamos para trás. “Porque em Jesus Cristo nem a circuncisão nem a incircuncisão tem valor algum; mas sim a fé que opera pelo amor. Corríeis bem; quem vos impediu, para que não obedeçais à verdade? Esta persuasão não vem daquele que vos chamou. Um pouco de fermento leveda toda a massa.” (Gálatas 5:6-9). Não é a prática de rituais ou de doutrinas que importa para o Senhor, nada disso tem valor, o que realmente importa é a nossa Fé em Jesus, fé que faz com que vivamos de acordo com a sua vontade, porque, se temos fé, sabemos que a sua Palavra é a verdade, e assim sabemos que não temos outra opção a não ser obedecer-lhe. Devemos tomar muito cuidado com o que estamos ouvindo, com o que os pregadores estão dizendo, ensinando, por isto a necessidade de sempre estarmos pesquisando em nossas Bíblias. Temos que conhecê-la para não cairmos em erro por causa da nossa ignorância, afinal, são muitos os falsos pregadores que se disfarçam como homens de Deus, que citam o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém), mas que agem e ensinam contra Ele. Pregadores profissionais estão preocupados somente com eles mesmos. Na verdade, nem com eles, caso contrário, não agiriam como agem. O fato é que ensinam contra o Senhor somente por interesse, somente para poderem arrecadar dinheiro, estão preocupados com coisas materiais e levam o povo a crer na mesma coisa. Assim, antes de abrirmos as nossas bocas e falarmos que este ou aquele é um homem de Deus, vamos avaliar segundo o Evangelho, e, principalmente, só obedecermos a ele se estiver ensinando sobre a Graça, sobre Jesus Cristo. “Confio de vós, no Senhor, que nenhuma outra coisa sentireis; mas aquele que vos inquieta, seja ele quem for, sofrerá a condenação.” (Gálatas 5:10).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: