As guerras

Graças a Deus
20 de dezembro de 2019
A Verdadeira História do Natal
24 de dezembro de 2019

“De onde vêm as guerras e pelejas entre vós? Porventura não vêm disto, a saber, dos vossos deleites, que nos vossos membros guerreiam?” (Tiago 4:1)

As pessoas vivem se matando de todas as maneiras, e somente pela busca de prazeres e de realizações aqui. Muitos passam a maior do tempo de vida estudando, outros trabalham de maneira incansável, não tendo tempo para a família e nem descansando, levando seu corpo à exaustão. Há ainda os que vivem na desonestidade, na bebedeira, brigando, criando confusão sem motivo sério. Fazem de tudo somente para satisfazer a vontade carnal. Não importa quem supostamente é vítima ou autor, o fato é que ambos são culpados. Basta fazermos uma análise de maneira espiritual e veremos que nada do que fizeram seria necessário, porque se todos nós vivêssemos segundo a Palavra de Deus, se praticássemos o Evangelho de Jesus Cristo, se amássemos o próximo como a nós mesmos, nada disso aconteceria. Mais importante ainda, porque se amássemos a Deus acima de tudo e de todos, se o amassássemos de todo o coração, nós lhe obedeceríamos, e assim não existiriam tantas mortes, sofrimentos, confusões. Toda a confusão, toda a dor, tudo o que passamos ou sofremos, a responsabilidade, a culpa, é nossa exatamente por não obedecermos à Palavra de Deus. Portanto, antes de reclamarmos de outras pessoas, das circunstâncias, ou de Deus, devemos culpar a nós mesmos, pois somos os únicos responsáveis pelo sofrimento pelo qual estivermos passando. “Cobiçais, e nada tendes; matais, e sois invejosos, e nada podeis alcançar; combateis e guerreais, e nada tendes, porque não pedis. Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites.” (Tiago 4:2-3). As pessoas vivem em total desespero, em busca de realização pessoal, em busca de bem-estar, de prosperidade, que nunca são suficientes; vivem em busca de receber, e por isto não se preocupam em pisar no próximo, ou de levar vantagem sobre o outro. Muitos vão a templos, congregações, para fazerem pedidos que são contrários à Palavra de Deus, pois pedem em suas orações o que o Senhor não prometeu, o que, ao contrário, falou que não daria. Mas elas teimam, vão ao Senhor – que é espiritual – pedir coisas materiais, e depois, quando não recebem, ainda reclamam. Querem que o Senhor as abençoe, as sirva com o que elas desejam, e não como é a Palavra, a Promessa do Senhor, e sempre vivem nessa eterna pedição, mas jamais receberão do Senhor, uma vez que pedem o que não é necessário.
“Adúlteros e adúlteras, não sabeis vós que a amizade do mundo é inimizade contra Deus? Portanto, qualquer que quiser ser amigo do mundo constitui-se inimigo de Deus.” (Tiago 4:4). Adúlteros e adúlteras, todos, ou a maioria, o são, porque fomos escolhidos para sermos do Senhor, para servirmos o Senhor, fomos chamados e criados para sermos a noiva do Senhor, mas nós, apesar de falarmos, de citarmos o seu Nome (que é Santo para sempre Amém), vivemos tendo um caso, um romance com o mundo, que é governado pelo diabo. Sim, muitos, apesar de estarem frequentando templos religiosos, vivem em busca de satisfação e realização material, em busca das coisas e dos prazeres mundanos, e por isto estão traindo o Senhor, e os traidores são adúlteros. São adúlteros porque não são autênticos, uma vez que dizem ser cristãos, mas, na verdade, são adoradores de si mesmos ou do mundo. Assim como se adultera um documento ou outra coisa qualquer, também são esses adúlteros, os que falam uma coisa, mas vivem outra. Todos os que vivem em busca de realizações mundanas, apesar de estarem frequentando templos religiosos, apesar de citarem o Nome do Senhor, de dizerem que o amam, na verdade são inimigos de Deus e receberão o tratamento dispensado aos inimigos, ou seja, serão enviados para o sofrimento e morte eterna. As pessoas devem parar e pensar bem, pois com as suas atitudes estão mostrando que são inimigas, adversárias do Senhor, e por isto recebem o castigo merecido. “Ou cuidais vós que em vão diz a Escritura: O Espírito que em nós habita tem ciúmes? Antes, ele dá maior graça. Portanto diz: Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.” (Tiago 4:5-6). Assim como um marido, uma esposa tem cuidados, ciúmes do seu cônjuge e não quer e não aceita que seja traído ou traída, assim também Deus não permite traição, e todas as vezes em que estamos desejando as coisas do mundo, o estamos traindo. Devemos analisar bem o Evangelho e o colocarmos em prática, pois não é somente oração que salva, e sim o compromisso, a obediência a sua Palavra, não é emoção, não é a carne, mas sim o espírito. Não podemos permitir que o diabo nos engane com a história de que devemos ter o melhor aqui, que Deus tem o melhor para nós aqui, pois não é verdade. Ele tem o melhor para nós, que é vida eterna e abundante. Se temos o Espírito de Deus, se o amamos, então vamos obedecer-lhe, vamos resistir às nossas vontades e a toda a orientação que for contrária à Palavra de Cristo; vamos resistir ao diabo. “Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós. Chegai-vos a Deus, e ele se chegará a vós. Alimpai as mãos, pecadores; e, vós de duplo ânimo, purificai os corações. Senti as vossas misérias, e lamentai e chorai; converta-se o vosso riso em pranto, e o vosso gozo em tristeza. Humilhai-vos perante o Senhor, e ele vos exaltará.”(Tiago 4:7-10)
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: