Graça e paz

Vaso de Barro
7 de janeiro de 2020
O Evangelho
8 de janeiro de 2020

“Simão Pedro, servo e apóstolo de Jesus Cristo, aos que conosco alcançaram fé igualmente preciosa pela justiça do nosso Deus e Salvador Jesus Cristo: Graça e paz vos sejam multiplicadas, pelo conhecimento de Deus, e de Jesus nosso Senhor.” (2 Pedro 1:1-2)

O apóstolo Pedro inicia essa carta se identificando, falando, entre outras coisas, que ele é servo do Senhor e apóstolo de Jesus Cristo. Pedro fala que a carta é dirigida aos que, assim como ele, alcançaram a fé no Senhor. Em outras palavras, ele está dizendo que a carta é dirigida aos que realmente se converteram ao Senhor, aos que praticam a mesma fé, aos que creem no mesmo Deus que ele. Mas, quando falo nos que creem no mesmo Deus, não estou falando aqui dos que se dizem cristãos, e sim dos que com os seus atos, com a sua fé mostram quem realmente são. Também devemos observar que ele, antes de falar que é um apóstolo do Senhor, fala que é servo, e sabemos que todos nós, antes de qualquer coisa, temos que ser servos, e servos servem. Não podemos ser arrogantes dizendo sermos isto ou aquilo, mas nos colocar simplesmente como servos do Senhor, pois essa é a nossa função. Então ele saúda os irmãos em Cristo Jesus com a saudação cristã e ainda diz que Graça e Paz sejam multiplicadas, mas pelo conhecimento de Cristo e de Deus. “ Visto como o seu Divino Poder nos deu tudo o que diz respeito à vida e piedade, pelo conhecimento daquele que nos chamou pela sua Glória e virtude; Pelas quais Ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina, havendo escapado da corrupção, que pela concupiscência há no mundo.”(2 Pedro 1:3-4). Pedro fala que os irmãos, os que realmente são convertidos ao Senhor já receberam tudo, ou melhor, todo o conhecimento a respeito da piedade através daquele que nos chamou. O Senhor concede tudo de que necessitamos para termos uma vida cristã sadia, isto é, o que necessitamos, não o que queremos ou pedimos, mas tudo o que é necessário para vivermos de acordo com a sua Palavra. Tem se revelado a nós, Ele tem nos mostrado o que nos espera se permanecermos firmes Nele, e assim sabemos quais são as suas promessas, e com esse conhecimento fortalecemos a nossa fé Nele. Temos que aprender a discernir o mundo espiritual para compreendermos as riquezas das bênçãos do Senhor sobre as nossas vidas, e assim pararmos de nos incomodar com coisas materiais.
“E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência, E à ciência a temperança, e à temperança a paciência, e à paciência a piedade, e à piedade o amor fraternal, e ao amor fraternal a caridade.” (2 Pedro 1:5-7). Sabendo disto, tendo conhecimento das promessas do Senhor e do que nos espera, devemos nos esforçar ao máximo para permanecermos firmes e não decepcionarmos o Autor da vida. Sim, porque, quando, por qualquer motivo, ou alegando cansaço, desistimos, ou já não somos mais fiéis como éramos, então com certeza estamos decepcionando o Senhor, afinal, Ele veio, sofreu e morreu por nossa causa, para que tivéssemos vida abundante. Mas isso caso tenhamos fé, porque, caso contrário, não seremos servos, não estaremos praticando o Evangelho, não estaremos buscando servir o Senhor. Assim, procuremos acrescentar à nossa fé a virtude, que é excelência moral, isto é, viver em conformidade com o Evangelho, não dando motivos para sermos criticados, apontados por não sermos fiéis ao que apregoamos. Também devemos acrescentar a virtude ou excelência moral ao conhecimento do Reino. Temos de saber sobre o Reino para podermos viver, ensinar e comentar sem medo de errar, e sempre falarmos sobre ele com segurança, afinal, temos que conhecê-lo para podermos defender a nossa fé. Assim também devemos acrescentar o domínio próprio, e não sermos somente pessoas emotivas, e vivermos de acordo com o Espírito, portanto, sem nos descontrolar, uma vez que o descontrole é carnal, é terreno. É todo um conjunto que devemos praticar, e não somente orar, como muitos pensam, porque ser servo de Cristo é fazer a sua vontade, é obedecer aos seus preceitos, e não podemos esquecer que o segundo mandamento dado por Ele é amar ao próximo como a nós mesmos. “Porque, se em vós houver e abundarem estas coisas, não vos deixarão ociosos nem estéreis no conhecimento de nosso Senhor Jesus Cristo.” (2 Pedro 1:8). Se praticarmos a Palavra de Deus, se obedecermos aos seus mandamentos, com certeza adquiriremos sabedoria, uma vez que sabedoria é o princípio da obediência. Assim, sabemos que é necessário praticarmos o Evangelho de Jesus Cristo, e não somente sermos frequentadores de templos, ou leitores da Bíblia. Temos que exercitar, temos que praticar e cada vez mais adquirirmos conhecimento do Senhor, e nos prepararmos para tomarmos posse da Promessa. “Pois aquele em quem não há estas coisas é cego, nada vendo ao longe, havendo-se esquecido da purificação dos seus antigos pecados. Portanto, irmãos, procurai fazer cada vez mais firme a vossa vocação e eleição; porque, fazendo isto, nunca jamais tropeçareis. Porque assim vos será amplamente concedida a entrada no Reino eterno de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.”(2 Pedro 1:9-11).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: