O Evangelho

Graça e paz
7 de janeiro de 2020
Fé, Esperança e Amor
8 de janeiro de 2020

“Todos os servos que estão debaixo do jugo estimem a seus senhores por dignos de toda a honra, para que o Nome de Deus e a doutrina não sejam blasfemados.” (1 Timóteo 6:1)

Todos os servos, todos os empregados, todos os que têm um chefe, um superior, devem obedecer a ele com todo o respeito, porque é mandamento do Senhor. Todas as pessoas que se dizem cristãs e prestam serviços como empregado devem obedecer com toda alegria e honra ao seu empregador, porque, fazendo isso, estarão obedecendo ao Senhor. A pessoa não pode falar que é cristã e ter um comportamento adverso, se é um mau funcionário, se é preguiçosa, se vive enrolando em seu trabalho, pois assim estará denegrindo o Evangelho. Devemos tomar muito cuidado para não fazermos as pessoas falarem mal do Evangelho de Jesus Cristo por causa das nossas atitudes. Quando nós nos submetemos a aceitar trabalhar em uma empresa, ou para uma pessoa, é porque precisamos e também porque estamos contando com o salário no fim do mês, portanto, estamos vendendo o nosso tempo, o nosso trabalho, e se somos honestos, honrados, se somos servos de Cristo, então entregamos o que prometemos, fazendo o nosso trabalho com alegria e com afinco. Não importa se o patrão é uma pessoa dura, bruta, ou que exige muito, a nossa função como servos de Deus é fazer a nossa parte, é cumprir com as nossas obrigações, porque com essa atitude pregaremos o Evangelho de Jesus Cristo. “E os que têm senhores crentes não os desprezem, por serem irmãos; antes os sirvam melhor, porque eles, que participam do benefício, são crentes e amados. Isto ensina e exorta.” (1 Timóteo 6:2). Temos que compreender que não é pelo fato de termos um patrão cristão, ou o nosso gerente, supervisor ser crente que teremos privilégios, ou poderemos abusar ou negligenciar de nossas funções, e sim, ao contrário, trabalhar com mais afinco e capricho. O fato de termos um superior cristão não é motivo para negligenciarmos o nosso trabalho, mas, ao contrário, fazermos tudo com mais empenho e amor, pois sabemos que o Senhor Nosso Deus nos deu o privilégio de nos colocar em um local onde o nosso chefe é temente ao Senhor, portanto, sabemos que não iremos sofrer desonra ou não sermos reconhecidos. A bem da verdade, temos que em toda situação sermos exemplos, temos que ser honestos e fazermos o nosso trabalho com amor e carinho, pois é dele que tiramos o nosso sustento, além de estarmos obedecendo ao Senhor.
“Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a piedade, É soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, perversas contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais.”(1 Timóteo 6:3-5). Se existe alguém, alguma pessoa ensinando, falando de forma diferente, com certeza essa pessoa não conhece o Evangelho de Jesus Cristo, ou então ela realmente está a serviço do inferno. Temos que compreender que não podemos falar que somos discípulos de Jesus se agirmos de maneira contrária a como Ele agiria. Escutamos pregadores falarem de maneira arrogante, como se fossem alguma coisa, muitos dizem que não permitem isso, não toleram aquilo, mas eles não sabem que os rebeldes não herdarão o Reino de Deus. Temos como exemplo o nosso Mestre, que tudo sofreu calado. Ele foi humilhado, chicoteado, crucificado, e em nenhum momento soubemos de Ele abrir a boca para dizer que era inocente. Mas nós queremos sempre ficar gritando que somos inocentes e que não merecemos sofrer, que temos que viver bem e desfrutar do melhor. A verdade é que todos os que ensinam dessa maneira estão muito longe do Senhor. Não temos que debater com ninguém, não temos que tentar provar nada a ninguém, devemos simplesmente ser cristãos, agir, viver como discípulos de Jesus e nos afastar de toda contenda e discussão. O Evangelho não é promessa de que temos que receber privilégios, ou viver de maneira farta aqui, e sim, ao contrário, sabermos que enfrentaremos lutas, porém a tudo nos sujeitarmos por amor a Cristo. Assim respeitamos todos e procuramos ser honestos em todo o tempo e situação, pois temos que ter medo de denegrir o Evangelho. “Mas é grande ganho a piedade com contentamento. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.” (1 Timóteo 6:6-8). Não podemos ficar preocupados em ser o melhor, ou viver de maneira nababesca, porque aqui é somente um lugar de passagem, não é a nossa casa, não é o nosso lugar de descanso, assim não juntamos bagagem aqui. Não ficamos nos preocupando em ganhar dinheiro, em ficar ricos, pois a nossa riqueza está em Jesus, e sabemos que os que se desviam em busca de riqueza acabam perdendo tudo e o principal: a salvação. “Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.”(1Timoteo 6:9-10).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: