Seguindo o Amor

Fé, Esperança e Amor
8 de janeiro de 2020
Luz
9 de janeiro de 2020

“Segui o amor, e procurai com zelo os dons espirituais, mas principalmente o de profetizar.” (1 Coríntios 14:1)

Todos nós devemos seguir o Amor, mesmo porque o Amor é o Senhor, e em sua Palavra, um dos nomes pelos quais é conhecido é Amor. Também devemos entender como praticar o amor, pois muitos falam em amor, mas, na verdade, poucos o conhecem e o praticam como deveriam. Temos que compreender que amor é como a Bíblia, a Palavra de Deus nos mostra como ele é, não esse sentimento carnal praticado pelas pessoas, que acabam sendo concordantes e apoiadoras do pecado. Seguindo Jesus, nós encontraremos os dons pelos quais o Senhor nos capacita a fazer a boa obra, e sabemos que seguir o Senhor é viver segundo a sua Palavra, é praticar o seu Evangelho. Temos que compreender que dom espiritual é a capacitação do Senhor para que possamos viver, ensinar e divulgar o seu Evangelho, e não para nos mostrarmos ou tentarmos nos apresentar como um super cristão. Devemos buscar um dos dons principais, que é o de profetizar, mas devemos também analisá-lo, pois profetizar não é desejar algo, e sim revelar, falar aquilo que o Senhor nos manda. Profetizar é levar ao conhecimento das pessoas o que há de acontecer, que nos é mostrado pelo Senhor. Não podemos em hipótese alguma mentir, dizer que Deus está falando algo quando não falou, pois, nesse caso, seremos falsos profetas. “Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.” (1 Coríntios 14:2). Hoje em dia é muito comum depararmos nos templos neo pentecostais e pentecostais com pessoas falando em línguas estranhas, gritando, o que acontece, inclusive, nos púlpitos. E as pessoas que assistem a elas dão glórias a Deus dizendo amém, assim seja, concordando sem saber com o que estão concordando, mesmo porque elas não entendem o que está sendo dito. Quando falamos em línguas, estamos falando com Deus e não com as pessoas, e nem nós mesmos temos conhecimento do que falamos, por isso se recomenda que se fale em línguas quando se estiver só, em reservado, e quando tiver que falar em público, que exista um intérprete para que não haja confusão e o povo possa compreender o que está sendo dito. Temos que tomar muito cuidado, afinal, são muitas as línguas, e não sabemos que tipo de língua está sendo dita, a menos que alguém intérprete para nós. Já a profecia todos entendem, uma vez que se fala de maneira clara, sem necessidade de mudar a entonação da voz, ou usar uma linguagem antiga ou bíblica.
“Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação. O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.” (1 Coríntios 14:3-4). Quando profetizamos, estamos pregando o Evangelho, porque falamos do que vai acontecer, falamos do futuro; comunicamos o que irá acontecer de bom ou de ruim, e exortamos, para que as pessoas façam o que é certo diante do Senhor. Caso contrário, receberão somente castigo, mas, se viverem em conformidade com o Evangelho do Senhor, as coisas boas acontecerão. A profecia serve para consolarmos aqueles que estão atribulados, tristes, desesperados, desesperançosos, pois trazemos recados do Senhor a essas pessoas para que perseverem e, assim, possam vencer as dificuldades, os obstáculos que estiverem enfrentando. Mas já o que fala em línguas estranhas está edificando a si mesmo e nada de útil traz para as pessoas, porque ninguém entende, como disse anteriormente, nem a própria pessoa, na maioria das vezes, entende, porque são poucos os que têm o dom de interpretar línguas. Devemos atentar que existem variações de línguas. Por exemplo, Deus pode nos capacitar para falarmos um idioma que desconhecemos somente para que pessoas que estejam presentes possam entender e compreender o que o Senhor está falando. Também podemos falar em línguas desconhecidas para os homens, mas falando com o Senhor. “E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também intérprete para que a igreja receba edificação.” (1 Coríntios 14:5). Como cristãos, devemos buscar os dons, devemos seguir Jesus, mas devemos fazer isso de maneira consciente para que não façamos confusão para nós ou para as outras pessoas. Devemos buscar o dom de falar em línguas, para que possamos crescer espiritualmente, mas devemos buscar com mais afinco o dom de profetizar, porque assim seremos capacitados para evangelizar. Quando temos o dom de falar em línguas, devemos buscar também o dom de interpretar as línguas, para sabermos o que estamos falando e também discernir, entender o que as outras pessoas estão falando quando estiverem falando em línguas estranhas. Devemos sempre buscar compreender o mundo espiritual e agir em conformidade com a Palavra do Senhor, para não sermos considerados criadores de confusão ou falsos profetas. São muitos os falsos profetas e profetisas que têm saído pelo mundo e ficam falando uma língua estranha, que na verdade não passa de uma decoreba, e revelando o que o Senhor nunca falou. “E agora, irmãos, se eu for ter convosco falando em línguas, que vos aproveitaria, se não vos falasse ou por meio da revelação, ou da ciência, ou da profecia, ou da doutrina?” (1 Coríntios 14:6).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: