Pela vontade de Deus

Alegria
13 de janeiro de 2020
Palavra da Verdade
14 de janeiro de 2020

“Paulo, apóstolo de Jesus Cristo, pela vontade de Deus, e o irmão Timóteo, Aos santos e irmãos fiéis em Cristo, que estão em Colossos: Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo.” (Colossenses 1:1-2)

Paulo, esse abnegado apóstolo e servo do Senhor, tinha orgulho de se identificar como tal e deixar bem claro que era apóstolo, que esse privilégio de ser alguém a serviço do Reino era pela vontade de Deus. Vemos em todas as cartas que ele sempre iniciava dizendo quem era, e principalmente mostrando que estava a serviço do Reino de Deus pela vontade do Senhor. Acho que todos nós deveríamos ter orgulho de afirmar que somos servos do Senhor, mas, se realmente formos, que seja não somente por falar, mas por vivermos para o Evangelho, por praticarmos os ensinamentos de Cristo. O apóstolo Paulo, além de se identificar, também comunicava que estava junto com outro, neste caso o jovem pastor Timóteo, que também participava e concordava com aquela carta e com tudo o que estava sendo escrito. Depois ele passava ao cumprimento cristão, saudando os irmãos e fazendo aquilo que Jesus nos ensinou, dando a paz. Paulo fazia questão de profetizar Graça e paz a todos os irmãos em Cristo. Nesse caso, a carta era dirigida aos irmãos, à igreja de Colossos. “Graças damos a Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, orando sempre por vós, Porquanto ouvimos da vossa fé em Cristo Jesus, e do amor que tendes para com todos os santos; Por causa da esperança que vos está reservada nos céus, da qual já antes ouvistes pela Palavra da Verdade do Evangelho.” (Colossenses 1:3-5). Paulo começa dizendo que agradece a Deus, que dá Graças a Deus, que ora em agradecimento e também para que perseverem na fé em Cristo e na maneira de praticarem o Evangelho de Jesus Cristo. Isto porque eles têm ouvido, ficaram sabendo que os irmãos de Colossos têm dado um bom testemunho de fé e demonstrado isto com o amor com que tratam todos os irmãos. E sabem que eles fazem isto de maneira desinteressada de coisas materiais, uma vez que estão à espera de alcançarem a salvação. Todos nós deveríamos também viver em conformidade com o Evangelho, deveríamos praticar a fé e o amor, sem esperar nada do ser humano, somente com o objetivo de alcançarmos o prêmio da nossa convocação.
“Que já chegou a vós, como também está em todo o mundo; e já vai frutificando, como também entre vós, desde o dia em que ouvistes e conhecestes a Graça de Deus em verdade; como aprendestes de Epafras, nosso amado conservo, que para vós é um fiel ministro de Cristo, O qual nos declarou também o vosso amor no Espírito.”(Colossenses 1:6-8). Quando ficamos sabendo que o nosso povo, a nossa igreja, pessoas que evangelizamos, ou que são irmãos na fé, e também companheiros de congregação, estão vivendo de acordo com o Evangelho, que estão praticando a Verdade, sentimo-nos alegres e felizes. A maior alegria de um pastor é saber que as suas ovelhas, as pessoas às quais ele ensinou o Evangelho aprenderam e vivem o praticando e também o ensinando a outros. A nossa alegria é vivermos o Evangelho de Jesus Cristo e vermos também as pessoas vivendo, ensinando, praticando o que nos foi determinado. Ficamos alegres quando vemos as pessoas pregando e vivendo o verdadeiro Evangelho, e não as mentiras, os enganos, muito comuns hoje por causa das inúmeras seitas disfarçadas que existem. Devemos viver a Palavra de Deus, e não procurar satisfazer as nossas vontades, por isto é que temos que nos alegrar quando ouvimos sobre verdadeiros CRISTÃOS, uma vez que a maioria dos templos modernos, apesar de se identificarem como cristãos, ensinam, pregam e vivem uma religião que nada tem a ver com o Evangelho de Jesus Cristo. “Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual; Para que possais andar dignamente diante do Senhor, agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra, e crescendo no conhecimento de Deus.” (Colossenses 1:9-10). Paulo, quando ficou sabendo da maneira como eles estavam se portando, além de ficar alegre, também passou a orar ao Senhor, para que eles conhecessem mais do Senhor e que viessem a receber mais sabedoria, para que assim estivessem cada vez mais capacitados para viver e ensinar o Evangelho de Jesus Cristo. Por isto é que também nós, quando ouvimos, vemos ou ficamos sabendo de alguma maneira que pessoas estão vivendo o Evangelho de Jesus Cristo, passamos a orar por elas para que venham a aprender mais, venham a receber mais do Senhor, para que sejam capacitados, para serem exemplo de verdadeiros servos do Senhor. “Corroborados em toda a fortaleza, segundo a força da sua Glória, em toda a paciência, e longanimidade com gozo; Dando graças ao Pai que nos fez idôneos para participar da herança dos santos na luz; O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o Reino do Filho do seu amor.”(Colossenses 1:11-13).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço.
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: