Vantagem ou desvantagem

Espírito da Verdade
21 de janeiro de 2020
Sabedoria
22 de janeiro de 2020

“Qual é logo a vantagem do judeu? Ou qual a utilidade da circuncisão?” (Romanos 3:1)

As pessoas muitas vezes enaltecem os judeus, Israel, sem saberem o motivo de fazerem isso, muitas delas falam simplesmente porque Jesus nasceu ali. Outras simplesmente dizem que foi porque o Senhor escolheu abençoar Israel, os hebreus, como se todo o resto dos povos fosse amaldiçoado, ou pelo menos não abençoado. Creio que sempre devemos analisar todas as situações antes de desejarmos algo, ou rejeitar; antes de abrirmos as nossas bocas para nos referirmos a determinados assuntos, devemos procurar analisá-los, para evitar passarmos orientações e ensinos errados, e assim as pessoas aprenderem de maneira errada e continuarem divulgando o erro. Com certeza, por sermos os responsáveis por isso, prestaremos contas. Portanto, a pergunta desse versículo é qual a vantagem de ser judeu, ou qual a vantagem de ser circuncidado (que é um pequeno sinal ou corte no prepúcio do homem). Sabemos que também a circuncisão veio antes da lei, e somente foi confirmada por ela. Mas Jesus deixou bem claro que a circuncisão que se espera de todos é no coração, e não na carne, ou seja, o Senhor deseja que as pessoas se convertam realmente a Ele. Isso tem valor, já o sinal da carne para nada serve, a não ser para fortalecer uma religião, e não a fé em Cristo. “Muita, em toda a maneira, porque, primeiramente, as palavras de Deus lhe foram confiadas.” (Romanos 3:2). A vantagem de ser judeu ou de ter nascido em Israel é que primeiramente a Palavra de Deus veio através de Israel, mas também há uma desvantagem, pois foram os judeus, os nascidos em Israel que rejeitaram o Filho de Deus, o Salvador, exigindo a sua morte. Desde o início o Senhor procurou cuidar, proteger o povo de Israel. Vemos quando Ele os tirou da terra do Egito, onde eram escravos, como agiu com mão poderosa e os conduziu à terra que tinha prometido. Também sabemos que, apesar do esforço do Senhor em libertá-los e abençoá-los, esse povo, por rebeldia, não aceitou os cuidados do Senhor, e por tal motivo e por desobediência, padeceu, e a maioria foi morta no deserto, depois de ficar circulando nele mais de quarenta anos. Sabemos também, ao longo da história, dos cuidados do Senhor, enviando os seus profetas para alertar esse povo a abandonar os seus pecados, para que pudessem receber bênçãos; também sabemos que o Senhor os preparou para a vinda do seu Filho, a vinda do Messias. Mas esse povo ignorou, não quis saber, e eles optaram pelo pecado. Por isso, eles viveram em constantes sofrimentos, guerras, prisões, e ainda hoje sofrem com as guerras, e só não são vencidos porque o Senhor prometeu que sempre restaria uma luz a Davi.
“Pois quê? Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus?” (Romanos 3:3). O fato de os judeus, ou hebreus, terem agido de maneira contrária à Palavra de Deus não aniquila ou invalida a Palavra do Senhor, pois sabemos que a sua Palavra se cumpre sempre. Não é pelo fato de os judeus terem chegado ao ponto de exigirem a morte do seu Filho que Deus vai invalidar a Promessa que Ele tinha feito, mas, simplesmente, a Promessa de salvação não alcançará todos, pois a maioria não crê no Filho de Deus. Sabemos que os judeus não acreditam que Jesus é o Filho de Deus, é o Messias, não acreditam que Ele era o Salvador, creem somente que Ele era um profeta como tantos outros que conhecemos na Bíblia. Inclusive, os judeus ainda estão esperando a vinda de Jesus, e não perceberam que Ele já veio, e eles o pegaram, o espancaram, o perseguiram e o mataram, e que Jesus já está voltando pela segunda vez para levar a sua igreja, levar o seu povo, e são poucos os judeus que serão salvos, porque são muito poucos os que realmente se converteram a Cristo. São poucos os judeus cristãos, porque a sua maioria ainda crê em Moisés e adora Davi. “De maneira nenhuma; sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, E venças quando fores julgado.” (Romanos 3:4). Não é pelo fato de os judeus agirem de maneira errada, contrária à Palavra de Deus, que o Senhor também irá mudar. Como dissemos anteriormente, a Palavra de Deus se cumpre totalmente e em todos os sentidos, tanto para o nosso bem como para o nosso mal. Assim, a desobediência desse povo serve somente para que o Poder de Deus, a sua Palavra se cumpra, e assim os desobedientes padecerão. Temos exemplos dos sofrimentos e lutas constantes dos judeus, o sofrimento deles nas mãos dos midianitas, dos filisteus, dos assírios, dos babilônicos, dos egípcios e de vários outros povos, e era Deus mesmo quem levantava os inimigos para combater Israel. Foi o Senhor quem levantou o Rei Nabucodonosor para liderar a Babilônia e vencer Israel e os levar cativos, os prender durante setenta anos. Temos que entender que nada que possamos fazer pode invalidar a Palavra de Deus, portanto, sabemos que mesmo a desobediência e a incredulidade dos judeus servem somente para exaltar o Poder do Senhor. “E, se a nossa injustiça for causa da justiça de Deus, que diremos? Porventura será Deus injusto, trazendo ira sobre nós? (Falo como homem). De maneira nenhuma; de outro modo, como julgará Deus o mundo? Mas, se pela minha mentira abundou mais a verdade de Deus para Glória sua, por que sou eu ainda julgado também como pecador? E por que não dizemos (como somos blasfemados, e como alguns dizem que dizemos): Façamos males, para que venham bens? A condenação desses é justa.” (Romanos 3:5-8).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço.
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: