Debaixo de jugo

Tendo dito
31 de janeiro de 2020
Domine em vossos corações
3 de fevereiro de 2020

“Todos os servos que estão debaixo do jugo estimem a seus senhores por dignos de toda a honra, para que o Nome de Deus e a doutrina não sejam blasfemados.” (1 Timóteo 6:1)

Todos os que são salvos no Senhor, ou pelo menos se consideram assim, devem saber que são servos do Senhor, caso contrário, não o conhecem. Mas servos a que esse versículo se refere são aqueles que se submetem a servidão, a submissão a outra pessoa, mais precisamente a pessoas que trabalham como empregados, ou que têm um chefe, um supervisor, um gerente, alguém a quem têm que prestar obediência em virtude do trabalho, também aos que estão estudando, não importa se em um colégio ou em uma universidade, o fato é que há professores, reitores, diretores que devem ser obedecidos. Todos, sem exceção, devemos aprender a nos submeter a todas as autoridades, e Paulo fala muito bem sobre isso em Romanos, quando nos mostra que todas as pessoas que estão em posição de liderança, de autoridade, foram ali colocadas pelo Senhor, ou que Ele assim permitiu, e a nós cabe obedecer-lhes e sermos submissas, porque se elas estiverem agindo de maneira errada, irão prestar contas ao Senhor, mas nós cumprimos com o nosso dever. Devemos honrar, respeitar a todos para que o Nome do Senhor seja exaltado, uma vez que as pessoas, vendo a nossa submissão, nosso respeito, nossa maneira de agir, glorificarão o Nome do Senhor (que é Santo para sempre Amém.) Pelo nosso comportamento é que exaltamos o Nome do Senhor, porque os incrédulos, os profanos, vendo que somos humildes, simples e obedientes aos nossos superiores, entendem sobre a obediência a Deus. “E os que têm senhores crentes não os desprezem, por serem irmãos; antes os sirvam melhor, porque eles, que participam do benefício, são crentes e amados. Isto ensina e exorta.” (1 Timóteo 6:2). Principalmente as pessoas que têm o privilégio, a sorte de terem os chefes, os superiores crentes, evangélicos, saberão que por temor a Deus eles são mais justos e agem em conformidade com a Palavra de Deus, pelo menos esse é o comportamento que se espera de alguém que se autointitula crente ou evangélico, porque não se é crente somente nos templos, mas em toda parte e tratando a todos com justiça. Portanto, não podemos agir de maneira diferente e irresponsável pelo fato de saber que o superior é um cristão e por esse favor esperar privilégio. Ao contrário, deve-se agir com mais amor, respeito e submissão.
“Se alguém ensina alguma outra doutrina, e se não conforma com as sãs palavras de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a Doutrina que é segundo a piedade, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, perversas contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais.”(1 Timóteo 6:3-5). Mas se existe alguma outra pessoa, templos, denominações, pregadores que estão ensinando o contrário e não concordam, não aceitam essa orientação que é de acordo com a Palavra de Deus, com o Evangelho de Jesus Cristo, eles estão falando e ensinando o que não conhecem. São pessoas que não sabem quem é o Senhor e estão perdidas, cegas, e quem as segue, as ouve e lhes obedece também estará, porque um cego não consegue guiar outro. Muitos se dizem cristãos mas querem ensinar o que não sabem, ou querem convencer as pessoas de que o Senhor tem compromisso com a nossa felicidade aqui, com um viver bem e especial pelo fato de serem cristãos. Os que acham que, por se identificarem como cristãos, terão direitos e privilégios, terão riquezas e tudo mais, pois seria a vontade do Senhor, estão enganados e levando vários ao engano. Geralmente as pessoas que acreditam nessas doutrinas estranhas são carnais, que na verdade não têm preocupação com a vida futura, e sim com a imediata, com a que eles acham que vivem, porque, se conhecessem o Senhor, saberiam que aqui é somente o lugar da nossa peregrinação. Dessas pessoas, dessas doutrinas, desses ensinos devemos fugir e nos afastar, pois, se continuarmos, com certeza estaremos fadados ao sofrimento e morte eterna. Não basta sabermos que as pessoas, os templos estão com ensinamentos que não estão de acordo com a Palavra de Deus, é necessário nos afastarmos deles, quando identificarmos os erros, corrermos. E não podemos criar pretextos para continuarmos naquele meio, pois o silêncio é concordância, e a concordância com o pecado é discordância do Evangelho, e os discordantes de Jesus serão enviados para o sofrimento, vergonha e morte eterna. “Mas é grande ganho a piedade com contentamento. Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes.” (1 Timóteo 6:6-8). Devemos compreender que, como estamos somente de passagem por aqui, não devemos nos preocupar em adquirir peso, bagagem, mas simplesmente peregrinarmos em direção a nossa casa, a nossa morada definitiva. Assim, não fiquemos preocupados em agradar ao mundo que está morto no maligno, não procuremos desfrutar dele, mas somente passar por ele. Só o fato de estarmos alimentados e vestidos é motivo de agradecimentos e seguirmos em frente ao encontro do nosso Mestre. “Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína.” (1 Timóteo 6;9).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: