Compaixão de Deus

Clame ao Senhor
4 de fevereiro de 2020
Ele Cuida
5 de fevereiro de 2020

“Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.” (Romanos 12:1)

Essa rogativa de Paulo nos mostra como esse homem de Deus, esse servo do Senhor se preocupava conosco e realmente amava o próximo como a ele mesmo. Vemos que ele roga pela compaixão de Deus, que apresentemos os nossos corpos como sacrifícios vivos ao Senhor. Somente essa palavra nos mostra que não fomos enviados para reinar e viver bem aqui, porque sabemos que as lutas são esperadas na vida dos cristãos. Devemos atentar para o fato de que temos que lutar no tempo da nossa vivência aqui contra a nossa carne, nossa vontade, nossas emoções. Assim esse pensamento nos leva a outro ensino desse apóstolo que não é diferente: sobre o andar em espírito e não satisfazer a vontade da carne. Quando andamos em espírito, ou seja, quando estamos com os nossos olhos fixos no Senhor, quando estamos vivendo na prática do Evangelho de Jesus Cristo, não cedemos às emoções e nem às nossas vontades, à vontade da carne. Muitas pessoas que vão a templos querem se sentir bem, querem arrepios, querem se alegrar, mas a função não é essa, e sim nos humilhar na presença do Senhor, adorar ao Senhor, mesmo não estando com vontade, é aprender mais sobre o Evangelho. Nossos corpos são templos e morada do Senhor, portanto, nós temos que oferecer cultos ao Senhor com os nossos corpos, e não somente estando em um templo, mas todo o tempo. Temos que viver em constante luta contra nós mesmos, nosso querer, e sempre nos submeter à vontade do Senhor. Viver sempre procurando nos santificar, isto é, afastar, abandonar, correr de todos os tipos de pecados. “E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.” (Romanos 12:2). Não podemos em hipótese alguma concordar com este mundo, com as doutrinas estranhas e contrárias à Palavra de Deus. Não podemos viver nas emoções, e devemos sempre saber, lembrar que o Senhor Jesus nos disse que jamais podemos confiar em nosso coração, porque ele é enganoso. Não podemos concordar com certas pregações que sabemos não estarem de acordo com o Evangelho, por mais que seja agradável ouvir, que seja algo que nos inspira, e se forem contrárias aos ensinamentos do Senhor, simplesmente as rejeitemos, temos que viver em total submissão ao Senhor, em total obediência a Ele.
“Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.” (Romanos 12:3). Devemos compreender que nada somos, que temos como função servir ao Senhor. Não podemos imaginar que somos superiores a alguma pessoa, ou que somos mais fortes espiritualmente, que conhecemos mais o Senhor, que temos mais intimidades com Ele. Nós jamais podemos esquecer que a nossa origem é a terra, o pó, que voltaremos para lá, mas que o nosso espírito estará com o Senhor. Portanto, sabendo a nossa origem, não podemos nos julgar fortes, e sim saber que somos fracos e dependentes do Senhor; dependemos do seu Espírito, que foi soprado sobre nós. Não importa se o Senhor nos capacitou com determinados dons, isto não quer dizer que somos superiores aos outros, porque outras pessoas têm dons que nós não temos, e assim vai se formando o corpo de Cristo. Cada um é preparado e recebe o que deve para que exerça a sua função no corpo de Cristo, e ninguém é inferior ou superior. Portanto, se queremos ser alguma coisa, então nos humilhemos diante do Senhor e sejamos servos, obedeçamos e vivamos com simplicidade e honestidade. “Porque assim como em um corpo temos muitos membros, e nem todos os membros têm a mesma operação, assim nós, que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros.” (Romanos 12:4-5). Temos que imaginar um corpo humano e observar que todos os membros desse corpo têm uma função específica, e nós não podemos abrir mão de nenhum deles, assim somos nós diante do Senhor. Fomos chamados, capacitados e enviados para exercermos determinadas funções no corpo de Cristo, e quando nos recusamos, então com certeza estaremos a caminho da destruição e sofrimento eterno, pois fora do corpo de Cristo não existe vida. Sabendo disso, devemos agir de acordo com a vontade do Senhor, ocupando e exercendo a função que nos foi designada, e para a qual também fomos capacitados, não existe nenhum membro inferior a outros, uma vez que até as nossas unhas são necessárias. Temos que aprender a viver em constante obediência ao Senhor, temos que apresentar os nossos corpos como sacrifícios vivos ao Senhor, sabendo que Ele é o Senhor e não nós, portanto, fazemos a sua vontade e não a nossa. “De modo que, tendo diferentes dons, segundo a graça que nos é dada, se é profecia, seja ela segundo a medida da fé; Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino; ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.” (Romanos 12:6-8).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: