Discípulos e apóstolos

Confio no Senhor
5 de março de 2020
Conhecimento da Verdade
6 de março de 2020

“E, chamando os seus doze discípulos, deu-lhes poder sobre os espíritos imundos, para os expulsarem, e para curarem toda a enfermidade e todo o mal.” (Mateus 10:1)

Jesus escolheu os doze e os enviou como apóstolos. Antes eram somente discípulos, mas, ao serem enviados nessa missão, já seguiram como apóstolos de Jesus. Temos que compreender a diferença entre discípulos e apóstolos: “Discípulo significa ‘aquele que aprende’, e  apóstolo significa ‘aquele que é enviado’”. Os  apóstolos  necessariamente são discípulos, mas nem todos os  discípulos  são reconhecidos como  apóstolos. Os  discípulos  que receberam a missão de seguir são os  apóstolos. Jesus somente naquele momento os envia como apóstolos, até então eram somente discípulos, aprendizes. Quando os Senhor os envia, também os capacita, dando-lhes poder para combater o mal, para expulsar todos os tipos de demônios e de curar todos os tipos de enfermidades. Aprendemos com o Senhor, com essa leitura, que todos nós somos discípulos de Jesus, digo todos os que buscam o Senhor, que querem mais Dele, que querem aprender e colocar em prática o Evangelho. Fomos chamados para sermos discípulos do Senhor, chamados para aprender, para ouvir, para receber poder e capacitação do Senhor, para podermos ir aonde o Senhor nos enviar para anunciar o seu Evangelho. “Ora, os nomes dos doze apóstolos são estes: O primeiro, Simão, chamado Pedro, e André, seu irmão; Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão; Filipe e Bartolomeu; Tomé e Mateus, o publicano; Tiago, filho de Alfeu, e Lebeu, apelidado Tadeu; Simão, o Cananita, e Judas Iscariotes, aquele que o traiu.”(Mateus 10:2-4). Apesar de Jesus ter vários outros discípulos, foram somente esses doze que o Senhor enviou em missão. As pessoas pensam que o Senhor só teve esses doze discípulos, mas, creia, Ele teve muito mais. Esses eram os mais chegados, e também os que demonstravam uma maior firmeza, mas, depois que Jesus foi preso, nem esses permaneceram ao seu lado, todos correram, todos fugiram, e só vieram se reunir novamente como igreja após a morte e ressurreição do Senhor. Também nessa época já não eram somente os doze, mas vários, e quando foi o dia da festa de pentecostes, muitos estavam unidos, e não eram somente os doze. Também veremos que em outra situação o Senhor envia outros setenta em missão, porque foram duas as vezes em que o Senhor Jesus enviou os discípulos por onde iria passar, mas como apóstolos somente essa vez.
“Jesus enviou estes doze, e lhes ordenou, dizendo: Não ireis pelo caminho dos gentios, nem entrareis em cidade de samaritanos; mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel; e, indo, pregai, dizendo: É chegado o Reino dos Céus.”(Mateus 10:5-7). Jesus envia esses agora apóstolos dizendo para não irem pelo caminho dos gentios, ou seja, não fazerem as mesmas coisas que os gentios, não andarem nas mesmas práticas deles, no mesmo caminho. Também os alerta para não entrarem nas cidades dos samaritanos, porque até então os de Samaria eram adoradores de bezerros de ouro desde a época de Joboão. Mandou-lhes pregar para avisar que o Reino de Deus havia chegado, e era para eles curarem os enfermos, expulsarem os demônios e avisarem que a Promessa estava se cumprindo, pregarem para as ovelhas perdidas de Israel, as pessoas que estavam nas religiões, ou afastadas, longe do Senhor. Para eles trazerem as Boas Novas a essas pessoas, porque o Evangelho é as Boas Novas do Reino. “Curai os enfermos, limpai os leprosos, ressuscitai os mortos, expulsai os demônios; de graça recebestes, de graça dai. Não possuais ouro, nem prata, nem cobre, em vossos cintos, Nem alforjes para o caminho, nem duas túnicas, nem alparcas, nem bordões; porque digno é o operário do seu alimento.” (Mateus 10:8-10). Jesus os envia em missão para anunciarem o Reino de Deus e a sua chegada, e não para ganharem dinheiro, e nem mesmo para terem uma boa vida. Por isto, eles não tinham que levar nada, deveriam ir somente com a roupa do corpo, porque eles seriam mantidos e sustentados pelo Senhor, e assim foi. Quando eles retornaram, Jesus ainda lhes perguntou se havia faltado alguma coisa para eles, e responderam que nada lhes faltara. Por isto sabemos que os que são enviados para pregar as Boas Novas não devem se preocupar com nada, devem simplesmente confiar no Senhor, pois é Ele quem os mantém, os sustenta, assim não podem estar focados em pedir ofertas ou em vender produtos. Jesus deixou claro que as pessoas que vivem pregando o Evangelho são sustentadas pelo Evangelho. Assim, devemos nos dedicar a levar a mensagem do Senhor e não nos preocuparmos com nada, pois a nossa recompensa não está aqui. “E, em qualquer cidade ou aldeia em que entrardes, procurai saber quem nela seja digno, e hospedai-vos aí, até que vos retireis.” (Mateus 10:11). O Senhor sabe que seremos recebidos e alimentados pelas pessoas que Ele determinar, que receberemos o que Ele achar que precisamos, não o que nós queremos. Quem vai tocar nas pessoas para nos receber, nos acolher e alimentar é o Senhor, e não precisaremos pedir nada, as pessoas, as igrejas nos procurarão para ajudar, para socorrer ou ofertar. Temos que compreender que somos cuidados pelo Senhor se estivermos levando a sua mensagem. “E, quando entrardes nalguma casa, saudai-a; E, se a casa for digna, desça sobre ela a vossa paz; mas, se não for digna, torne para vós a vossa paz. E, se ninguém vos receber, nem escutar as vossas palavras, saindo daquela casa ou cidade, sacudi o pó dos vossos pés.”(Mateus 10:12-14).

Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: