Fim do sábado

Chegai-vos a Deus
12 de março de 2020
Ensinando
13 de março de 2020

“E, no fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.” (Mateus 28:1)

Como a lei de Moisés não permitia que as pessoas fizessem qualquer coisa no dia de sábado, essas mulheres ficaram ansiosamente aguardando o sábado acabar para poderem ir ao sepulcro, porque a lei determinava que os dias de sábado fossem guardados, e as pessoas não podiam fazer absolutamente nada, mas é claro que elas nem sempre os guardavam, e sempre apresentavam uma desculpa, principalmente os religiosos. Mas, de maneira geral, as pessoas, principalmente as comuns, quando eram encontradas fazendo alguma coisa nos dias de sábado, eram punidas. Jesus tinha pregado e ensinado que as pessoas não deveriam mais se preocupar com isso, inclusive um dos motivos de perseguição a Ele foi exatamente pelo motivo de Ele operar milagres e maravilhas em dias de sábado. O Senhor Jesus tinha dito que Ele era o Senhor do sábado, mas os religiosos se recusaram a abrir mão disso, inclusive até os dias de hoje muitos judeus, e, mesmo em nosso meio, muitas religiões e seitas fazem questão de guardar o sábado, porque ainda estão presos à antiga aliança, e não à Aliança feita no Sangue de Jesus. As pessoas, os comerciantes tinham que fechar os seus negócios na sexta à noite e só voltarem a abrir nos domingos, assim ninguém poderia comprar ou vender nada enquanto não fosse o domingo. Essas mulheres ficaram aguardando o sábado terminar. Logo após a meia-noite já era aberto o comércio, assim elas foram correndo ver o sepulcro onde tinham colocado o corpo de Jesus. “E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra da porta, e sentou-se sobre ela. E o seu aspecto era como um relâmpago, e as suas vestes brancas como neve. E os guardas, com medo dele, ficaram muito assombrados, e como mortos.” (Mateus 28:2-4). Mas aconteceu um terremoto só no local onde estava ou ficava o sepulcro com o corpo de Jesus, e a pedra que fechava a entrada do sepulcro foi movida, deixando a passagem descoberta. Esse terremoto foi causado pelo anjo do Senhor, que se sentou sobre a pedra. Os guardas que tomavam conta do sepulcro, ao verem o que tinha acontecido, ficaram com medo e saíram correndo. Era necessário que isso acontecesse para que a Palavra se cumprisse, e, é claro, não seria uma pedra que iria prender o Senhor.
“Mas o anjo, respondendo, disse às mulheres: Não tenhais medo; pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia. Ide pois, imediatamente, e dizei aos seus discípulos que já ressuscitou dentre os mortos. E eis que Ele vai adiante de vós para a Galileia; ali o vereis. Eis que eu vo-lo tenho dito” (Mateus 28:5-7). O anjo do Senhor falou com as mulheres que não tivessem medo porque ele sabia que elas estavam buscando, estavam procurando ou querendo ver Jesus Cristo, que tinha sido crucificado. Ele diz que Jesus não estava mais ali, porque Ele ressuscitara, como havia dito. Para que elas não tivessem dúvidas, ele lhes diz para olharem onde estava antes o corpo de Jesus, para saberem, terem a certeza de que Ele não estava mais ali. O anjo do Senhor ainda dá lhes uma missão: irem ao encontro dos discípulos e lhes avisarem que Jesus já ressuscitara e que, assim como Ele lhes havia dito, Ele já estava a caminho da Galileia, onde os encontraria. Jesus tinha dito aos discípulos que iria morrer, que depois ressuscitaria e iria adiante deles para a Galileia, mas eles não acreditaram muito quando Ele disse isto a eles. Mas agora eles verão a Palavra se cumprindo, apesar de que, quando as mulheres chegam e lhes dão o aviso, mesmo assim não acreditam, têm dúvidas. Assim é o ser humano, o Senhor está o tempo todo nos falando, mas mesmo assim nós nos recusamos a acreditar, temos dúvidas, não cremos, e por isso padecemos. “E, saindo elas pressurosamente do sepulcro, com temor e grande alegria, correram a anunciá-lo aos seus discípulos. E, indo elas a dar as novas aos seus discípulos, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram. Então Jesus disse-lhes: Não temais; ide dizer a meus irmãos que vão à Galileia, e lá me verão.” (Mateus 28:8-10). As mulheres, mesmo com muito medo, estavam também eufóricas, alegres, felizes, e foram correndo cumprir a missão da qual tinham sido encarregadas, mas, enquanto se dirigem ao local onde estavam os discípulos, se deparam com o próprio Senhor Jesus que aparece para elas. Imaginamos como deve ter sido grande a alegria dessas mulheres. Então elas se atiram aos seus pés e o adoram, muito felizes. Então Jesus lhes manda avisar aos discípulos para irem para a Galileia, como Ele tinha falado em vida, ou seja, antes de passar pela morte, e que o verão lá. Da mesma maneira o Senhor nos avisa para caminharmos, perseverarmos que na sua vinda nós o veremos, basta acreditarmos e continuarmos a viver de acordo com a sua Palavra. “E, quando iam, eis que alguns da guarda, chegando à cidade, anunciaram aos príncipes dos sacerdotes todas as coisas que haviam acontecido. E, congregados eles com os anciãos, e tomando conselho entre si, deram muito dinheiro aos soldados, Dizendo: Dizei: Vieram de noite os seus discípulos e, dormindo nós, o furtaram. E, se isto chegar a ser ouvido pelo presidente, nós o persuadiremos, e vos poremos em segurança. E eles, recebendo o dinheiro, fizeram como estavam instruídos. E foi divulgado este dito entre os judeus, até ao dia de hoje. E os onze discípulos partiram para a Galileia, para o monte que Jesus lhes tinha designado. E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram. E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra. Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em Nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo; Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.” (Mateus 28:11-20).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: