Espirituais

O Senhor conhece os pensamentos
25 de março de 2020
Não erreis
26 de março de 2020

“E eu, irmãos, não vos pude falar como a espirituais, mas como a carnais, como a meninos em Cristo.” (1 Coríntios 3:1)

Muitas vezes não podemos falar com os irmãos de uma maneira espiritual, isto porque, apesar de estarem frequentando templos denominacionais há muito tempo, ainda não se converteram totalmente, ainda não entregaram as suas vidas a Cristo. Ainda estão presos a coisas materiais, físicas, e desconhecem o nosso Deus, pois julgam que é alguém que está à disposição deles somente para os abençoar, satisfazer as suas vontades, atender a seus pedidos. Por isto, quando chegam até nós, devemos ser enérgicos e expormos com toda clareza o Evangelho de Jesus Cristo, falando de santificação, de arrependimento, de salvação, e não ficarmos com histórias de bênçãos e mais bênçãos, e sim expor com sinceridade a verdade de Cristo. Sempre faço questão de esclarecer que não é por uma pessoa frequentar uma denominação qualquer, ou por orar às vezes, fazer longas e prolongadas orações bonitas, não é por sempre falar em amor, ou citar versículos bíblicos que se transforma em cristã. Devemos compreender que, se não nos moldarmos ao Evangelho de Jesus Cristo, que é o próprio Jesus, nós não seremos seus seguidores e, consequentemente, não seremos salvos. Mas, antes de pensar em agradar as pessoas, devemos confrontá-las, devemos ser enérgicos com a Palavra de Deus, a nossa obrigação é somente viver, pregar e ensinar o Evangelho de Jesus Cristo. “Com leite vos criei, e não com carne, porque ainda não podíeis, nem tampouco ainda agora podeis, porque ainda sois carnais; pois, havendo entre vós inveja, contendas e dissensões, não sois porventura carnais, e não andais segundo os homens?”(1 Coríntios 3:2-3). As pessoas vão para uma igreja, congregação, denominação qualquer com o objetivo de encontrar em Deus, ou na religião, a paz que acham que necessitam, de encontrar solução para as suas lutas e sofrimentos, e não faltam pregadores para dizerem que indo para a igreja os sofrimentos se encerram, o que é uma grande mentira. Muito pelo contrário, quando vamos para Cristo, as lutas aumentam, pois passamos a viver de forma contrária ao mundo que jaz no maligno. Muitos que dizem que são crentes, evangélicos, ainda continuam praticando a mentira, são invejosos, maus-caracteres, desonestos, adúlteros e fornicadores, mas mesmo assim continuam frequentando cultos em templos que não condenam o pecado. Como consequência, crescem como carnais e não espirituais, pois é necessário falarmos a verdade de Cristo a todos para que possam crescer espiritualmente.
“Porque, dizendo um: Eu sou de Paulo; e outro: Eu de Apolo; porventura não sois carnais? Pois, quem é Paulo, e quem é Apolo, senão ministros pelos quais crestes, e conforme o que o Senhor deu a cada um? Eu plantei, Apolo regou; mas Deus deu o crescimento.” (1 Coríntios 3:4-6). Atualmente são muitos os que se dizem crentes, evangélicos, que se identificam dizendo que são desta ou daquela denominação. São poucos os que dizem que são de Cristo, mas gostam de dizer que são batistas, assembleianos, presbiterianos, e outras tantas denominações, como se, ao afirmarem ou declararem isso, estivessem as qualificando, estivessem afirmando que são do Senhor. Temos que entender que denominação nenhuma vale coisa alguma, o que vale, o que importa é Cristo, é estarmos em Cristo, é vivermos a sua Palavra, independentemente de qualquer congregação que estejamos frequentando. Percebemos que são muitos os evangélicos que ainda não conhecem Cristo, pois ainda estão presos a templos terrenos, estão presos a pregadores e doutrinas de homens, apesar de terem Bíblias, mas, como não fazem o uso delas de maneira correta, acabam sendo enganados por toda sorte de doutrinas. Todas as congregações existem única e exclusivamente para servirem ao Senhor, apesar de serem homens que as dirigem, portanto, muitas delas acabam saindo do propósito. “Por isso, nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega, mas Deus, que dá o crescimento. Ora, o que planta e o que rega são um; mas cada um receberá o seu galardão segundo o seu trabalho. Porque nós somos cooperadores de Deus; vós sois lavoura de Deus e edifício de Deus.” (1 Coríntios 3:7-9). Não importa quem foi a pessoa ou o templo que apresentou o Senhor às pessoas, não importa quem foi quem as batizou nas águas, e muito menos quem fez o casamento ou batizou os filhos, o que importa é que todos os que estão a serviço do Senhor têm de exercer a função que foi determinada por Ele. Nada somos, o Senhor é tudo, e todos os que estão vindo para o Senhor, os que estão buscando o Evangelho, os que querem aprender são aqueles que o Senhor traz e nos entrega para que mostremos o Caminho. Porém, se não fizermos isso como Ele determina, com certeza iremos prestar contas a Ele. Temos que nos converter ao Senhor e não a denominações ou a homens, mas ao nosso Mestre, e buscar pessoas que nos ensinem e vivam a Palavra de Deus, para que possamos crescer espiritualmente. Não podemos jamais nos prender a denominações, pois assim estaremos nos desviando do Senhor. Por isto a necessidade de sempre lermos e meditarmos na Bíblia. “Segundo a Graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio arquiteto, o fundamento, e outro edifica sobre ele; mas veja cada um como edifica sobre ele. Porque ninguém pode pôr outro fundamento além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo.”(1 Coríntios 3:10-11).
Leiam e pratiquem a Bíblia. Que Deus os abençoe.
Um abraço,
Pr. Henrique Lino

Se você está passando por problemas na sua vida espiritual, familiar, profissional, sentimental, com filhos em situação de risco, envolvimento com drogas, ou em processo de separação, divorcio, traído(a) abandonado(a) entre em contato conosco.O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus está a sua disposição para aconselhamento, oração, e interseção e orientação, e cobertura espiritual. Visitem nosso site www.atalaiadedeus.com.br – O Ministério Atalaia do Evangelho de Deus tem como objetivo levar a Palavra de Deus. Trabalha voluntariamente com assistência as famílias, para restaurar casamentos e orientação espiritual a todo aquele que necessita de uma Palavra de cura, salvação e libertação. Esse Ministério tem obedecido ao chamado do Senhor, venha fazer parte desse trabalho com sua oração.

%d blogueiros gostam disto: